Esporte

Líder do Bom Senso F.C., Paulo André culpa CBF por derrota brasileira

Ex-zagueiro do Corinthians faz duras críticas contra o presidente José Maria Marin e diz aos torcedores que não esperem "milagres" na seleção

Por: Redação VEJA SÃO PAULO

O zagueiro Paulo André, campeão Mundial pelo Corinthians e atual jogador do Shangai Shenhua, da China, publicou uma nota em seu perfil no Facebook culpando a CBF pela goleada de 7 a 1 sofrida pela seleção brasileira diante da Alemanha, na última terça (8), nas semifinal da Copa do Mundo.

+ Conheças as namoradas dos craques da Copa

+ 'Sou Messi Futebol Clube', afirma Neymar

Um dos líderes do Bom Senso F.C. - grupo que busca mudanças no calendário nacional do futebol e melhores condições para atletas e times do Brasil -, o jogador acusa o presidente da CBF, José Maria Marin, de se esconder de explicações e diz que o resultado negativo é um reflexo da má administração do futebol brasileiro.

"Os que dirigem o futebol nacional não deram as caras, se esconderam em ambas as oportunidades. Como de costume, evitaram e evitarão ao máximo falar sobre as propostas para o futuro, pois não entendem bulhufas do que deve ser feito. Entendem de política, de se manter no poder, de explorar o futebol, de mamar nas tetas da vaca", comentou.

Sobre a reação da torcida, o ex-zagueiro corintiano disse que não cabe esperar um milagre. "À imprensa e ao torcedor digo: Não esperem milagres, não acreditem em soluções mágicas como uma simples troca de comissão técnica ou o aparecimento de um novo Neymar. Se o planejamento e o trabalho forem executados por pessoas competentes, apaixonadas e com conhecimento técnico em cada uma das diversas dimensões do futebol, ainda assim, levaremos pelo menos 10 anos para chegar lá", concluiu. Confira aqui a íntegra do texto publicado por Paulo André.

+ Crianças tentam explicar a derrota do Brasil contra a Alemanha

+ Astróloga adivinhou lesão de Neymar e derrota do Brasil

+ 20 caretas de David Luiz para torcer pelo Brasil

Fonte: VEJA SÃO PAULO