Festa

Liberdade celebra o Ano-Novo chinês no fim de semana

A ex-Masterchef Jiang Pu participa da festa que que ocupará as ruas do bairro com música, dança e comida típicas

Por: Nicole Dib - Atualizado em

Ano-Novo Chinês - Liberdade
Festa na Liberdade: bairro celebra a chegada do Ano-Novo chinês neste fim de semana (Foto: Rafel Salvador )

A maior parte do mundo já comemorou o Réveillon, é verdade. Mas para os chineses a chegada do ano 4714 só aconteceu nesta semana, na última segunda-feira (8). Em função disso, há comemorações espalhadas por diferentes pontos da cidade de São Paulo, em restaurantes como o Tian e o P.F. Chang's, mas principalmente no bairro da Liberdade, cujas ruas vão abrigar uma grande festa neste final de semana. 

Com expectativa de atrair cerca de 200 000 pessoas, o evento realizado no sábado (13), das 12h às 20h, e no domingo (14), entre 11h e 19h, ocupará, além da Praça da Liberdade, quatro importantes ruas do bairro: Galvão Bueno, dos Estudantes, dos Aflitos e Rua da Glória. Além de decoração temática e danças típicas, as vias serão tomadas por cerca de quarenta barracas, que venderão receitas como guioza e rolinho primavera, entre outras, por preços que variam entre 15 a 20 reais. 

Jiang Pu
Jiang Pu: ex-MasterChef irá preparar uma receita de crepe chinês (Foto: Ligia Skowronski)

Em uma dessas barracas, localizada na Rua da Glória, na altura do número 410 (próximo à 1ª Delegacia de Polícia) estará a ex-MasterChef Jiang Pu -- a chinesinha que vive no Brasil desde 2001 foi convidada para ser a embaixadora da festa neste ano. A jovem cozinheira, que está grávida de uma menina e lançou recentemente pelo selo VEJA COMER & BEBER o livro A Vida e as Receitas de Jiang — Uma História Temperada com Cebora, Flango e Superação, irá preparar o crepe chinês, que será vendido por 15 reais. A receita será recheada de presunto e legumes e coberto por molho agridoce ou feito de soja.

Além de provar a receita de Jiang, o público pode comprar o livro na festa e tentar um autógrafo. O livro estará à venda em três barracas:na Praça da Liberdade (em frente ao Banco Bradesco), na Rua da Glória (altura do número 336) e na Rua Galvão Bueno, ao lado da Associação Comercial. 

Toten - Instituto Sidarta
Do português ao mandarim: curiosidades da cultura chinesa (Foto: Divulgação )

Outra ponto que merece uma parada é na exposição gratuita Curiosa China que o Instituto Sidarta montará na Rua dos Aflitos, nos dois dias do evento, entre 10h e 19h. Ali o visitante poderá descobrir mais sobre a cultura chinesa (como nasceu a tradição dos hashis, por exemplo?) e ainda tirar selfies em murais com paisagens como a Muralha da China. Também serão oferecidos serviços de acupuntura, tatuagem de henna com ideogramas e massagem (cobrados à parte).

Nos dois dias, a festa termina com uma queima de fogos -- o ritual, segundo a tradição chinesa, afasta os maus espíritos e traz sorte.

Fonte: VEJA SÃO PAULO