Mistérios da Cidade

Leilão de bebidas tem 310 rótulos e lances de quase 8 000 reais

Disputado, evento teve como destaque o arremate da garrafa de 6 litros de champanhe Taittinger, após 41 ofertas

Por: Maurício Xavier

Garrafas de vinho
Garrafas de vinho (Foto: Divulgação)

Um leilão realizado na capital na semana passada teve rótulos de vinho vendidos a quase 8 000 reais (veja abaixo os cinco mais caros). Dos 310 lotes de países como França, Itália, Portugal, Estados Unidos, Austrália, Uruguai e Chile, o mais disputado foi uma garrafa de 6 litros de champanhe Taittinger, adquirido por 2 600 reais após 41 lances.

+ Dois vinhos nacionais estão entre os melhores do mundo

Um Château Lafite-Rothschild de 1928 ganhou o título de o mais antigo do evento, que aconteceu na Dedalo Leilões, na Rua Oscar Freire, nos Jardins.

La Tâche Grand Cru Monopole
La Tâche Grand Cru Monopole (Foto: Divulgação)

La Tâche GrandCru Monopole (2000) — 7 900 reais

Château Margaux
Château Margaux (Foto: Divulgação)

Château Margaux (2006) — 5 950 reais

Château Lafi te-Rothschild
Château Lafi te-Rothschild (Foto: Divulgação)

Château Lafite-Rothschild (2000) — 5 900 reais

Château Latour (2010)
Château Latour (2010) (Foto: Divulgação)

Château Latour (2010) — 4 900 reais

Château Cheval Blanc
Château Cheval Blanc (Foto: Divulgação)

Château Cheval Blanc(2004) — 4 850 reais

Fonte: VEJA SÃO PAULO