Mistérios da Cidade

Projeto de lei tenta melhorar a pavimentação de São Paulo

Valor das multas subirá para 2 000 reais por metro quadrado de área não reformada ou tapada de maneira inadequada

Por: Marcelo Moura (com reportagem de Daniel Salles e Maria Paola de Salvo) - Atualizado em

capa buraco - 2173
(Foto: Reprodução)

Há pouco mais de dois meses, VEJA SÃO PAULO publicou uma reportagem de capa com sugestões para melhorar a qualidade do pavimento de nossas ruas (“10 ideias para sair do buraco”, 21 de abril). Entre as medidas estava o aumento da fiscalização sobre concessionárias de serviços públicos. Apesar de elas abrirem quase 50 000 valas por mês na cidade, nem sempre as fecham do jeito correto. “A reportagem me convenceu de que essas empresas não podiam destruir nosso pavimento e continuar impunes”, afirma o vereador Domingos Dissei (DEM), autor de um projeto de lei que aumenta o valor das multas aos infratores. Na última quarta-feira, a Câmara Municipal aprovou a proposta. Agora, em vez de pagar apenas 60 reais pelo metro linear não fechado adequadamente, a concessionária terá de desembolsar, diariamente, 2 000 reais por metro quadrado de área não reformada ou tapada de maneira inadequada. A lei aguarda a assinatura do prefeito Gilberto Kassab.

Fonte: VEJA SÃO PAULO