Comida

Clientes decidem o valor dos pratos no restaurante Le Bou

Até o fim do mês, os frequentadores escolhem o quanto querem pagar pelas novas receitas do menu, assinadas por José Barattino e preparadas pela chef Lilian Calegari

Por: Mariana Oliveira - Atualizado em

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Neste mês, o restaurante Le Bou, no Itaim Bibi, deixa ao cliente a decisão de escolher o quanto quer pagar por seu prato principal, entrada e sobremesa no jantar.  O projeto foi criado para o lançamento de um menu, assinado pelo chef José Barattino. Os preços das bebidas não entram na promoção. O serviço será cobrado em cima do valor total.

+ Especialistas avaliam ovos de Páscoa com recheio cremoso

+ Food trucks movimentam as ruas de São Paulo

Com novos sócios, o bistrô deseja que a clientela colabore na definição dos preços do cardápio. Segundo Marcelo Traldi, do grupo EGG, mais do que uma relação de custo/benefício, a experiência também trata "de valores não financeiros em relação ao produto que o Le Bou oferece".

Para o chef José Barattino, a ação é mais conceitual do que operacional. "Assim como muitos reclamam, nós também achamos que São Paulo está cara, então, tentamos inverter a situação recolhendo informações do mercado e passando para o restaurante", explica ele. Sobre os novos pratos que vão à mesa pelas mãos da chef Lilian Calegari, há sugestões como a costela com confit de cenoura, o creme de couve-flor com especiarias e, para encerrar, uma pera cozinha com pimenta da Jamaica. Produtos artesanais chegam à casa com a Linguiçaria Paulista e o Mestre Queijeiro.

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO