Comidinhas

Vapor prepara hambúrgueres altos e suculentos sem fritura

Recém-inaugurada na Vila Madalena, lanchonete aposta em ingredientes cozidos no vapor

Por: Helena Galante - Atualizado em

Vapor -
Vapor: beer burger leva 140 gramas de entrecôte marinado na cerveja pale ale na companhia de maionese de cerveja estilo dunkel (Foto: Ricardo Dangelo)

Logo que você chega a uma hamburgueria, antes mesmo de olhar o cardápio, já pede ao garçom uma porção de batata frita? E quando a escolha recai sobre um cheeseburger, sua mordida preferida é aquela com bastante queijo torradinho?

Prepare-se para ser surpreendido pela nova Vapor, instalada na Vila Madalena onde antes funcionou o restaurante italiano Aldina. Ali, a chapa, a grelha e as frituras não têm vez. Como o nome indica, os ingredientes são preparados no vapor.  

Vapor -
Vapor: ambiente descolado com a cozinha ao fundo (Foto: Ricardo Dangelo)

Por trás da ideia, a princípio maluquete, estão quatro sócios — os publicitários Igor Puga e Domenico Massareto, o administrador de empresas Maury Tognolo e o chef Breno Berdu — e muita pesquisa.

Eles descobriram em Connecticut, nos Estados Unidos, registros do uso desse método de cocção em lanchonetes desde a década de 20. Animados pela possibilidade de eliminar parte da gordura dos hambúrgueres sem perder a suculência, eles chegaram a um menu criativo e inspirador.  

A dica é começar pelas calaballs (R$ 17,00), pequenas almôndegas de calabresa cobertas por um saboroso chimichurri mais molho agridoce levemente picante e lascas de cebola tostada.

Vapor - almôndegas
Vapor: almôndegas de calabresa cobertas por chimichurri mais molho agridoce levemente picante e lascas de cebola tostada (Foto: Ricardo Dangelo)

Depois, agrada o beer burger (R$ 28,00). Os 140 gramas de entrecôte moído mais grosso são marinados na cerveja pale ale (avermelhada) e finalizados por cubos de tomate, rodelas de cebola-roxa e queijo artesanal no pão de cebola. Uma maionese de cerveja estilo dunkel (escura) acompanha.

Para comer de garfo e faca, vá de duxelle (R$ 30,00), montado no brioche salpicado de gergelim preto e acrescido de cogumelos-de-paris e portobello, entre outros, na manteiga.

Adoçam a boca milk-shakes feitos de sorvete Diletto. A versão de baunilha e geleia de menta Queensberry sai por R$ 19,00. Fecha na terça (1º).  

COMIDA ✪✪✪ | AMBIENTE ✪✪✪ | ATENDIMENTO ✪✪

Fonte: VEJA SÃO PAULO