Comidinhas

Burgguer’s K prepara receitas de acordo com a tradição judaica

Nova lanchonete em Higienópolis deixa derivados de leite e produtos suínos de fora, mas tem pedidas bastante atraentes

Por: Helena Galante

Burgguer's K
Hambúrguer de 150 gramas com alface e cebola mais batata frita: no Burgguer's K (Foto: Fernando Moraes)

À primeira vista, a lanchonete Burgguer’s K inaugurada no fim de maio em Higienópolis difere pouco dos demais endereços do gênero. De chão quadriculado em preto e branco e decorada com tons vibrantes, lembra no visual a matriz da marca, no Tatuapé. Alguns detalhes, no entanto, indicam a orientação judaica da filial. Depois do almoço de sexta e até o jantar de sábado, as portas se fecham em respeito ao Shabat, período de orações e descanso. Supervisionada por dois rabinos, a cozinha segue as normas kosher. Ou seja, derivados de leite, como o queijo, e produtos suínos ficam de fora. Mas mesmo quem adora um cheese salada com bacon consegue encontrar pedidas atraentes na casa.

Burgguer's K
Waffle de geleia de framboesa coroado com sorvete de soja (Foto: Fernando Moraes)

É o caso do big burgguer, de 150 gramas de carne mais alface, cebola crua picada e molho de maionese, ketchup e mostarda (R$ 23,90). De acompanhamento, peça a batata frita em palitos gordinhos (R$ 15,50). Outra boa opção, o burggão (R$ 26,90) vem coberto por molho de tomate fresco e pode ser acrescido de cebola chapeada (R$ 3,40). Na versão mais fina, de 120 gramas (R$ 13,00), a carne mostra-se muito ressecada. Para complementar, há porções de ovo frito (R$ 2,50), molho barbecue (R$ 2,90) e creme de cogumelo-de-paris no leite de coco (R$ 6,90), um tanto oleoso. Entre as sobremesas, algumas levam sorvete feito com leite de soja — um pouco menos cremoso, porém ainda saboroso. Dois exemplos: milk-shake de chocolate acrescido de licor de cacau e cereja (R$ 16,80) e waffle fino lambuzado de geleia artesanal de framboesa (R$ 9,20).

COMIDA ✪✪ | AMBIENTE ✪✪✪ | ATENDIMENTO ✪✪✪

Fonte: VEJA SÃO PAULO