Teatro

La Fura dels Baus traz pirotecnia ao Memorial

Direção musical é de Lucas Lima e Junior Lima; espetáculo tem participação do público

Por: Ivan Azevedo - Atualizado em

La Fura dels Baus - 2193
Roda-gigante: estrutura de 7 metros de diâmetro (Foto: Divulgação)

Grandioso e emocionante. Com essas características, marcantes em suas apresentações pela Europa, o grupo catalão La Fura dels Baus volta ao Brasil após treze anos, trazendo um espetáculo exclusivo para o público paulistano. Apesar de contar com algumas características inéditas, o “Cielo Arte” tem números já vistos fora do país.

La Fura dels Baus - 2193 - marionete
Marionete Humana: 8 metros de altura (Foto: Divulgação)

Entre os destaques, uma marionete de 8 metros de altura, uma roda de 7 metros de diâmetro e um “voo de anjos” a 30 metros do chão. As armações são sustentadas por um guindaste de 160 toneladas e as performances reúnem técnicas circenses, teatro digital, música ao vivo, poesia, dança e pirotecnia. Além de doze integrantes estrangeiros — espanhóis, chilenos, portugueses e alemães —, oitenta brasileiros selecionados pela trupe atuarão no show. A estimativa da organização é que cerca de 12 000 pessoas vejam o espetáculo do próximo sábado (4), no Memorial da América Latina.  

Lucas Lima - La Fura Dels Baus - 2193
Tempero local: Lucas Lima assina a direção musical ao lado de Junior Lima (Foto: Divulgação)

As estruturas gigantes parecem distantes em alguns momentos. Mas, curiosamente, um dos objetivos do grupo é justamente buscar proximidade com o público. Assim, o La Fura dels Baus aposta nas interações constantes — os artistas fazem intervenções no meio da plateia. “Todos vão se emocionar, se encantar e terão certeza de que presenciaram algo novo em sua vida”, afirma a produtora Lilian Cordeiro. “Temos muita sintonia com os brasileiros e preparamos uma série de imagens e cores que só serão vistas aqui. Se não vivêssemos em Barcelona, viveríamos no Brasil”, diz um dos diretores, o espanhol Pera Tantiña. 

La Fura dels Baus - 2193
Rede humana: uma das atrações do show na Barra Funda (Foto: Divulgação)

A música da apresentação também será original, composta por Lucas Lima e Junior Lima, respectivamente marido e irmão da cantora Sandy. E esta será a primeira vez que o grupo terá trilha sonora ao vivo. “Saímos um pouco da linha experimental, marca registrada da trupe, e tentamos fazer uma versão mais brasileira, unindo música eletrônica com erudita”, conta Lucas Lima. “Não pretendemos ser a atração, apenas um suporte para os números.” Apesar de o show ser gratuito, é preciso se cadastrar no site da Ingresso Rápido (www.ingressorapido.com.br) para garantir lugar. 

La Fura dels Baus - 2193
Uma das armações em cena: participação de oitenta artistas brasileiros (Foto: Divulgação)

O Fura costuma deixar um rastro de polêmica por onde passa. Em sua última vinda ao Brasil, em 1997, com “Manes”, atirou farinha e água no público. No espetáculo anterior, “Suz/O/Suz”, de 1985, os integrantes causaram pânico ao correr pelo meio da plateia com serras elétricas. Boa notícia: as apresentações do Memorial devem ser bem mais tranquilas.

Fonte: VEJA SÃO PAULO