BARES

Prodígio das coqueteleiras, Kennedy Nascimento vai para o Grupo Vegas

O barman de 22 anos, considerado o melhor profissional pelo concurso Worldclass, se prepara para lançar a nova carta do Riviera

Por: Saulo Yassuda - Atualizado em

Kennedy Nascimento_troféu
Kennedy Nascimento, vencedor do Worldclass 2015 (Foto: Divulgação)

Prodígio das coqueteleiras, o barman Kennedy Nascimento, de 22 anos, é o novo contratado do empresário da noite Facundo Guerra. O rapaz começou a chamar a atenção pelo talento e pela pouca idade cerca de três anos atrás, no saudoso MyNY Bar, no Itaim Bibi.

+ Barman ensina a preparar um drinque 

Kennedy vai reformular as cartas e cuidar da área de bebidas dos estabelecimentos do Grupo Vegas, entre eles o bar Z-Carniceria e as baladas Lions, Yacht Club, PanAm e Cine Joia. “Não vou estar direto atrás do balcão, irei mais supervisionar”, diz. Ele já prepara a nova lista de drinques do Riviera Bar, casa que o grupo toca em parceria com o chef Alex Atala e que havia perdido vitalidade no último ano. 

Dos endereços sob o guarda-chuva de Facundo, o barman só não vai cuidar do Frank, no Maksoud Plaza. O espaço é tocado por Spencer Jr., profissional premiado na última edição de VEJA COMER & BEBER e de quem Kennedy foi braço-direito no MyNY Bar. "Só no Frank não vou mexer. Não precisa”, afirma.

Antes de ser contratado pelo grupo, o prodígio passou pelo extinto restaurante Beato e no contemporâneo Epice. Desde criança, vive no universo dos bares -- o pai e o padrinho tocavam botecos na Grande São Paulo. 

O barman vai precisar dividir o novo trabalho com treinamentos e competições do Worldclass, concurso de coquetelaria da Diageo, um dos mais importantes do mundo. Ele foi considerado o melhor barman brasileiro de 2015 e se prepara para as próximas etapas.

Fonte: VEJA SÃO PAULO