Memória

Karmann-Ghia deve voltar às ruas do país

Famoso na década de 60, o esportivo deve em nova embalagem, com uma versão atualizada

Por: Mauricio Xavier

Karmann-Ghia antigo
O modelo conversível que fez sucesso na década de 1960 (Foto: Divulgação)

Fruto de uma parceria entre a montadora alemã Karmann e o escritório de design italiano Ghia, o esportivo Karmann-Ghia começou a ser vendido pela Volkswagen em 1955, na Europa. Graças à beleza de suas linhas, virou um sucesso. Em 1960, uma fábrica em São Bernardo do Campo iniciou a montagem do modelo no Brasil e, em agosto daquele ano, o carro estampou a capa da primeira edição da revista QUATRO RODAS, da Editora Abril.

Até 1974, cerca de 60 mil unidades seriam vendidas no país nas versões coupé, conversível e TC. Hoje, algumas delas são avaliadas em mais de 100 mil reais no mercado de colecionadores. 

Novo Karmann-Ghia
O novo protótipo: concurso elegeu o melhor projeto (Foto: Divulgação)

Agora, o veículo pode voltar às ruas: o grupo nacional ILP Industrial, que comprou a Karmann, realizou um concurso para recriá-lo. O vencedor foi conhecido em junho, entre os mais de 600 projetos apresentados. Ainda não há previsão para o início de sua produção.

Fonte: VEJA SÃO PAULO