Terraço Paulistano

Kako Perroy e Marcus Buaiz: SET micou?

Balada destinada a jovens ricos enfrenta queda de público

Por: Ricky Hiraoka

Kako Perroy Marcos Buaiz Terraço Paulistano Edição 2291
Perroy com um dos sócios, Marcus Buaiz: “A SET não vai fechar” (Foto: Waldemir Filetti)

Inaugurada em dezembro, a SET, filial de uma boate de Miami, chegou a São Paulo com a promessa de ser o point da juventude endinheirada. Dez meses após a inauguração, a balada no Jardim Paulista não vive um bom momento. Desde agosto, ela deixou de abrir às quintas. Hoje, só funciona nos fins de semana. No última sexta (5), às 2h30, havia menos de cinquenta pessoas na pista da casa, que tem capacidade para 350 frequentadores.

A situação provocou uma onda de boatos a respeito de um possível fechamento. “Não é verdade”, diz Kako Perroy, sócio do estabelecimento ao lado de Marcus Buaiz e outros nove empresários. Ele atribui a queda do movimento à concorrência. Nos próximos meses, a SET terá um pacote de novidades para tentar se reerguer. “Vamos redecorar o ambiente para trazer shows de hip-hop, e promover festas temáticas com DJs gringos”, promete Perroy.

+ Giovanna Ewbank: vai ter que rebolar

+ Esquiva e Yamaguchi Falcão: nas cordas com Ronaldo

+ Duda Bündchen: a herdeirinha de Gisele

+ Mario Velloso: Dos palcos para os editoriais de moda

Fonte: VEJA SÃO PAULO