CRIMINALIDADE

Justiça condena acusado de participar da morte de estudante em McDonald's

Fernando de Arújo Lopes da Silva terá de cumprir pena de 14 anos de reclusão por crime ocorrido em junho de 2013 

Por: Veja São Paulo

mcdonalds
A lanchonete onde ocorreu o crime (Foto: Reprodução)

A Justiça de São Paulo condenou, na quarta-feira (22), um dos acusados de participar da morte do estudante Diego Ribeiro Cassas, de 18 anos, no estacionamento de um McDonald’s em 2013. Fernando de Araújo Lopes da Silva recebeu pena de 14 anos de reclusão.

+ Quadrilha invade transportadora de valores e faz assalto milionário

O crime aconteceu em 7 de junho de 2013 no estacionamento da lanchonete, localizada na esquina entre as avenidas Rebouças e Henrique Schaumann. Durante uma briga ocorrida na saída de uma casa noturna na região.

Imagens de câmeras de segurança gravaram o momento em que dois rapazes discutem com Cassas. Um dos suspeitos atira no estudante. Dos quatro disparos, um atinge a cabeça do estudante.

De acordo com os advogados de acusação Lopes da Silva acompanhava Caio Rodrigues, apontado como responsável pelos tiros. Rodrigues permanece foragido. 

Fonte: VEJA SÃO PAULO