criminalidade

Jovem gay diz ter sofrido agressão e tentativa de estupro

Gabe Kowalczyk, de 19 anos, relata ter sido alvo de três homens em Interlagos na última quinta (25)

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

Gabe
Gabe Kowalczyk: violência por ser homossexual (Foto: Reprodução/Facebook)

O paulistano Gabe Kowalczyk “entrou para a estatística”. Na última quinta-feira (25), ele divulgou em seu perfil no Facebook imagens em que aparece machucado após ter sido agredido em uma rua a poucos metros de sua casa em Interlagos, Zona Sul da cidade. Abaixo das fotos, o desabafo: “Virei estatística. De novo Fui agredido e tentaram me estuprar. Eu só queria que esse dia desaparecesse. É, de longe, o pior dia da minha vida”.

Três pessoas morrem em acidente na Jacu-Pêssego

O “de novo” que aparece em seu relato mostra que o rapaz de 19 anos já foi vítima de outros ataques homóficos. Gabe tem aparência frágil e traços femininos, o que ele acredita tenha chamado a atenção dos agressores. Ele estaria seguindo para uma entrevista de emprego, por volta das 6h15, quando começou a ser perseguido por três rapazes e foi derrubado por um pontapé.

Quando se preparavam para estuprá-lo, os agressores teriam se assustado com a movimentação na vizinhança e fugiram. O rapaz conseguiu chegar a um posto policial, onde foi atendido e encaminhado para o pronto-socorro. Ele diz ter sofrido um leve traumatismo craniano, lesão no tórax e no estômago, além de ter luxado os tornozelos.

Família de jovem encontrado em raia na USP oferece 10 000 reais por informações

Apesar de ter sofrido com a violência, Gabe enviou uma mensagem aos amigos pedindo que não se intimidem com as ameaças. “Não mude. Você perfeito assim. Mantenha-se fiel a você mesmo. As coisas darão certo.”

No começo do ano, quando foi agredido pela primeira vez, ele foi alvo de quatro homens que o feriram com um estilete.

Fonte: VEJA SÃO PAULO