TECNOLOGIA

Jovem de 15 anos desenvolve app contra cyberbullying

Trisha Prabhu decidiu criar a plataforma após ler notícia de menina de 11 anos que se matou após ter sido vítima de agressões virtuais 

Por: Veja São Paulo

trisha
Trisha: app contra o bulliying virtual (Foto: Reprodução/Facebook)

Uma estudante de 15 anos criou um aplicativo para impedir o cyberbullying. A jovem americana Trisha Prabhu desenvolveu o ReThink (repensar, em tradução livre). A plataforma envia uma mensagem de alerta ao usuário que está prestes a postar mensagem ofensiva.

O app consegue reconhecer textos com ofensas e exibe uma janela pop up com o alerta ao usuário que irá publicá-la. Segundo Trisha, ela decidiu desenvolver após ler uma notícia no jornal. “Li uma vez uma história de uma menina de 11 anos que tinha pulado da torre de água da cidade dela porque sofria cyberbullying com frequência”, afirmou ela ao Buzzfeed americano.

A partir daí, ela começou a se interessar em acabar com esse tipo de agressão virtual. “Fiquei chocada e com raiva. Eu sabia que tinha que fazer alguma coisa para garantir que isso não acontecesse de novo.”

+ Confira as últimas notícias da cidade 

Trisha afirmou que as pessoas que usaram o aplicativo reconsideraram sua decisão em 93% das vezes. O dispositivo está disponível na Google Store e pode ser baixado gratuitamente. Por enquanto só há versão em inglês. A ferramenta deverá ficar pronta para smartphones da Apple até o fim do ano. 

Fonte: VEJA SÃO PAULO