Especial

Da sinuca ao carteado, esportes de botequim

Selecionamos endereços que, além de bebidas e petiscos, oferecem jogos que vão de opções clássicas às modalidades que fazem sucesso fora do país

Por: Marcus Oliveira - Atualizado em

omalleys
O’Malley’s: possui duas mesas de sinuca e boa carta de bebidas para acompanhar a jogatina (Foto: Divulgação)

O carteado na mesa do bar é uma tradição que percorre gerações, assim como os jogos de sinuca, pebolim e pinball, entre muitos outros, que agitam a atmosfera de botequins entre uma cerveja e outra. Para distrair seus frequentadores, há bares que até importam esportes esquisitíssimos por aqui, como o shuffleboard, uma espécie de curling (aquele no qual os esportistas manipulam uma espécie de vassoura para empurrar um disco sobre uma pista de gelo), uma das modalidades praticadas no Hooters, no Itaim.

Para os esportistas de boteco, selecionamos endereços que oferecem jogos diversos:

+ Os bares da moda que você precisa conhecer

Bar Blá: a casa é famosa por sua happy hour. Nas noites de terça, há um diferencial para os amantes do poker: a partir das 21h, três mesas são ocupadas por cerca de trinta jogadores, que desembolsam R$ 140 para entrar na partida. O vencedor, claro, leva a grana acumulada. Para acompanhar a jogatina, a dica são as caipirinhas. Com o avançar das horas, o lugar ganha clima de balada, com som de DJ e shows de pop rock e MPB.

Finnegan’s: conhecido como o pai de todos os pubs, a casa possui um espaço para que os frequentadores joguem dardos eletrônicos. Ao contrário do tradicional, o alvo marca a pontuação do jogo e os locais acertados durante a partida. As fichas custam R$ 1 e as partidas costumam durar cerca de trinta a quarenta minutos. Entre um dardo e outro, a sugestão são os pints da cerveja irlandesa Guinness.

Hooters shuffleboard
O jogo shuffleboard faz sucesso no Hooters do Itaim (Foto: Divulgação)

Hooters: além das famosas garçonetes de shortinho laranja e blusa decotada, que servem as enormes canecas de chope e as irresistíveis porções de costelinha suína ou frango a passarinho, o bar decidiu investir nos jogos e trouxe do exterior uma mesa do jogo shuffleboard. Febre nos Estados Unidos, a prática ainda não é muito reconhecida por aqui e consiste em uma estratégia parecida com a do curling _esporte praticado na neve, no qual os esportistas "varrem" o caminho por onde um disco desliza. As fichas para praticar custam R$ 20.

galeria kia ora_alt
O espaço inaugurado recentemente no Kia Ora da Barra Funda possui sinuca e pimball (Foto: Divulgação)

Kia Ora: a unidade da Barra Funda inaugurou recentemente um espaço chamado Galeria Kia Ora, com uma mesa de bilhar e outra de pinball (as fichas custam R$ 3). No snooker o tempo é medido pelas partidas e, no pinball, o usuário tem direito a quatro bolinhas. O clima na casa é animado e bandas tocam de quinta a sábado, a partir das 18h.

Ludus: reduto de quem aprecia um bom jogo de tabuleiro, a clientela que costuma lotar as mesas da casa pode se divertir entre as mais de 700 opções. Os jogos vão dos clássicos War, Detetive, Banco Imobiliário e Batalha Naval até novas modalidades e complexos títulos alemães. Para ajudar quem pretende se arriscar em uma prática nova, funcionários circulam entre as mesas explicando a dinâmica dos jogos. Entre uma jogada e outra, a dica para petiscar são os anéis de frango empanados, na companhia de cervejas como a uruguaia Norteña.

O’Malley’s: o pub respira esporte e também investe na prática de um deles. Com duas mesas de sinuca, costuma receber muita gente interessada em dar umas tacadas, enquanto acompanham partidas de futebol americano ou rúgbi nas TVs espalhadas pela casa. Os interessados em jogar pagam R$ 15 por quatro fichas ou R$ 5 na unidade. Para acompanhar a jogatina, seis marcas de cerveja são servidas na pressão. Entre elas, a ruiva ale inglesa Fuller’s ESB. No piso superior rola música ao vivo (pop rock, blues e jazz).

Rock'n'Roll Burger - Jogos
As onze máquinas do Rock Roll Burguer são os grandes atrativos da casa (Foto: Divulgação)

Rock Roll Burguer: febre nos anos 1980 e 90, o pinball é um dos atrativos da casa. No total, onze máquinas, no estilo clássico, dividem espaço com as mesas e os sofás espalhados pelo salão. Quem quiser se aventurar em um dos jogos, uma ficha sai por R$ 3 e quatro por R$ 10 (com direito a uma rodada). Entre os temas de cada mesa estão alienígenas, guerreiros medievais, piratas e até uma raridade, a Cavaleiro Negro, que hoje possui cerca de apenas trinta exemplares no mundo. Para matar a fome, a casa serve sanduíches tradicionais e hambúrgueres de fabricação própria.

Tati Snooker
O Tati Snooker é referência na cidade para quem quer jogar sinuca (Foto: Divulgação)

Tati Snooker: localizada no bairro da Vila Nova Conceição e fundada a mais de 40 anos, a casa possui dois mil metros quadrados de pura jogatina. No total, dezenove mesas oficinais de sinuca recebem amadores e profissionais, que organizam campeonatos, torneios e chegam a ministrar aulas no local. Um frequnetador ilustre marca presença há mais de 35 anos no espaço, rigorosamente às segundas. Trata-se do canto e compositor Toquinho, fá declarado da casa. Quem quiser conferir e, claro, arriscar umas tacadas por lá nao paga para entrar e o valor da hora da mesa é de R$ 33.

Willi Willie: o bar existe há trinta anos e chegou a mudar de local, mas manteve sua essência. Além de um espaço que recebe bandas e DJ, possui uma área exclusiva para a prática do tiro com arco e flecha. Um instrutor auxilia os interessados, que pagam R$ 5 por dez tiros. Podem participar desde principiantes até pessoas com alguma experiência. Quem pegar gosto pela prática pode fazer cursos oferecidos pelo próprio bar. Para acompanhar a brincadeira, uma variedade de cervejas nacionais e importadas.

VALE A VIAGEM

conspiracao-jogos
Dentro do complexo Velhão, em Mairiporã, o Bar Conspiração do Jogo oferece mais de vinte modalidades (Foto: Divulgação)

Bar Conspiração do Jogo: localizado a 26 quilômetros da capital, dentro do complexo Velhão, em Mairiporã, o espaço faz valer o passeio. Oferece mais de vinte opções de jogos, que vão dos praticados em tabuleiro como War e Detetive, até clássicos como sinuca, dama, dominó e  “stop”. Sempre nos meses de outubro, ocorrem campeonatos de snooker e pebolim para animar os participantes. Os frequentadores costumam comparecer em grupos e na grande maioria em casais, o que faz a disputa pegar fogo entre homens contra mulheres. Segundo a proprietária, o jogo mais pedido é o clássico Imagem e Ação, de mímicas e desenhos. Para acompanhar tudo isso, a dica é a batata frita com bacon e parmesão ou os pastéis de carne e queijo. Como o clima da região costuma ser frio, vale levar uma agasalho e, se precisar, há também vinho e chocolate quente para aquecer.

Endereço: Estrada de Santa Inês, 3000 - Mairiporã

Horário: quarta e quinta, das 17h30 à 0h; sexta e sábado, das 16h às 4h; domingo, das 14h30 à 0h.

Telefone: (11) 4485-4194

Fonte: VEJA SÃO PAULO