Televisão

Jô Soares repreende rapaz da plateia que gritou "viva Bolsonaro"

"Quem gritou esse absurdo? O Maluf está na plateia, é isso?", questionou o apresentador 

Por: Veja São Paulo

Jô Soares
No programa de ontem (terça), Jô Soares fez uma espécie de mesa redonda com jornalistas para debater assuntos da atualidade (Foto: Folhapress)

Jô Soares se indispôs com um rapaz da plateia durante o Programa do Jô exibido na noite de terça (16). O apresentador fez uma espécie de mesa redonda com as jornalistas Lucia Hippolito, Ana Maria Tahan, Cristina Serra e Lillian Witte Fibe para debater assuntos da atualidade. Entre os temas, abordou a mais recente polêmica envolvendo o deputado federal Jair Bolsonaro (PP-RJ), que disse que não estupraria a também deputada Maria do Rosário porque "ela não merece". 

Após a exibição do trecho da sessão plenária na qual Bolsonaro disse a frase - pela qual será julgado por quebra de decoro parlamentar -, uma pessoa da plateia gritou "viva Bolsonaro!". Jô arregalou os olhos e fez cara de incrédulo. "Quem é que gritou esse absurdo?", questionou, ouvindo algumas risadas como resposta. "O Maluf está na plateia, é isso? Quem falou? Só para eu saber", insistiu, sério. 

Muitas pessoas passaram a levantar a mão, tentando despistar. Até que o autor do elogio apareceu - um rapaz de topete que afirmou ter "entendido o que ele (o deputado) quis dizer". "Na verdade, foi, vocês sabem...ele foi autor de um projeto de lei para a castração química de estuprador e para aumentar essa pena...ele não quis fazer apologia ao estupro. Acredito que tem um contexto na fala dele, por isso minha manifestação", explicou o jovem.

+ Confira as últimas notícias

Jô deu uma risada irônica. "Olha, eu já ouvi muita bobagem na minha vida, mas essa supera a do Bolsonaro". Foi aplaudido até pelo rapaz que fez a defesa do deputado. O assunto seguiu comparando a declaração do parlamentar com a famosa frase "estupra, mas não mata" dita por Paulo Maluf

Fonte: VEJA SÃO PAULO