GENTE

Jô Soares diz que perdoou taxista que atropelou e matou sua mãe

Apresentador fez revelação durante entrevista a programa veiculado no Youtube 

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Jô Soares tem feito revelações surpreendentes sobre sua via pessoal nos últimos dias. O apresentador, pouco afeito a falar sobre assuntos que não sejam relativos ao seu trabalho, voltou a expor sua intimidade em uma entrevista. No programa Pingue-Pongue com Bonfá (Youtube), com o jornalista Marcelo Bonfá, Jô contou sobre o dia em que conheceu o taxista responsável pela morte de sua mãe, Mercedes Leal.

+ Jô Soares: 'Foi uma separação que não deu certo', diz sobre a ex-esposa

“Mamãe morreu atropelada, num dia de chuva terrível. O motorista do táxi não teve a menor culpa. Ela tinha 70 anos e eu, na época, tinha 30 anos. Ele socorreu minha mãe, levou para o hospital, fez tudo certo. Só que ela teve uma fratura de base de crânio, o coração continuou funcionando lindamente. Mas ela morreu", contou Jô, 76 anos.

Ao voltar de uma viagem, Jô pegou um táxi no Aeroporto Santos Dumont. No final do trajeto, o apresentador foi surpreendido com a revelação do motorista. “Dez anos depois do acidente, eu peguei um táxi no Santos Dumont e, quando cheguei em casa, ele falou: ‘Eu preciso dizer uma coisa para o senhor. Fui eu que atropelei sua mãe. E, desde esse dia, isso já faz dez anos, eu não consigo mais dormir. Só vou conseguir dormir no dia que eu ouvir o senhor dizer que me perdoa", contou.

 

"Eu falei: ‘Mas, meu filho, você está perdoado desde o dia que você pegou a minha mãe, socorreu e ficou ao lado do meu pai, ficou sentadinho lá até a minha mãe morrer. Você não teve culpa nenhuma'. Mas ele disse 'eu quero ouvir que o senhor me perdoa'. 'Eu te perdoo, você está mais que perdoado. Vai em paz.’ Ele chorava e eu chorei muito também nesse momento", disse Jô. “O sujeito não teve culpa nenhuma. O perdão para mim é a coisa mais importante no cristianismo.”

Além da revelação sobre a morte de sua mãe, nesta semana o apresentador também comentou sobre a relação com sua ex-mulher Flávia Soares, com quem foi casado por quinze anos. “Foi uma separação que não deu certo. Estamos sempre juntos”, afirmou. 

Fonte: VEJA SÃO PAULO