Comportamento

Jaqueline Ruiz e o nocaute em um ex-BBB

A paulistana já deu um fora no Kleber Bambam em uma balada

Por: João Batista Jr.

Capa 2280 - Periguetes - Jaqueline Ruiz
Jaqueline Ruiz: “Não é porque sou convidada para o camarote de um cara que tenho de beijá-lo” (Foto: Antonio Milena)

“Assim que entro em uma balada procuro pelo ponto mais alto da pista. É lá que vou me acabar de dançar e, ao mesmo tempo, ser vista por todo mundo.” A frase faz parte da filosofia de vida de Jaqueline Ruiz, de 25 anos. Formada em educação física e gerente da academia Peralta, na Zona Sul, ela gosta de ser o centro das atenções.

+ O ataque das periguetes em São Paulo

Para isso, ou talvez por isso mesmo, ela se joga na balada até quatro vezes por semana. Com frequência, sozinha. “Vou para onde eu tiver entrada vip”, diz. Em função disso, seu guarda-roupa tem mais looks de noite do que para o dia a dia. Só de vestidos são mais de trinta exemplares, em cores como pink, azul e branco.

+ Terraço Paulistano: leia as novidades sobre o mundo dos ricos e famosos

Alta e naturalmente simpática, com o corpo torneado pelas aulas de muay thai, a paulistana moradora do Morumbi é alvo de cantadas e gracejos por onde passa. Ela afirma que certa vez o ex-BBB Kleber Bambam tentou beijá-la à força. “Não é porque fui convidada para o camarote do cara que teria de beijá-lo, certo?”, questiona. “Detesto gente folgada.” Sua beleza chama a atenção de engraçadinhos de toda sorte. Um rapaz mal-intencionado propôs pagar-lhe 10.000 reais por uma noite em particular. “Rejeitei, claro.”

Fonte: VEJA SÃO PAULO