Clima

São Paulo teve o mês mais quente desde 1943

Segundo o Climatempo, a temperatura média máxima na capital atingiu 31,9°C em janeiro; é o maior número em 71 anos

Por: Redação VEJASAOPAULO.COM - Atualizado em

piscina
Aproveite para curtir as piscinas dos hotéis da capital (Foto: Divulgação)

Agora é oficial: janeiro de 2014 foi o mês mais quente vivido pelos paulistanos desde 1943, quando o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) começou a fazer medições no Mirante de Santana.

De acordo com o Climatempo, até quinta (30) a temperatura média máxima na capital havia atingido os 31,8°C registrados em fevereiro de 1984, então o grande record. Na tarde de hoje (31), porém, os termômetros registraram 34,5°C, número suficiente para colocar os últimos trinta dias entre os mais abafados em 71 anos, com 31,9°C.

 

Os especialista justificam o calorão com a presença de uma massa de ar seco mais perto do continente do que o normal. "As frentes frias e as chuvas não conseguem penetrar no Sudeste", explica o meteorologista César Soares. Segundo ele, São Paulo registrou uma temperatura média de 31,8 °C em janeiro, quando o esperado nesta época do ano é 27,3°C.

E a situação não vai mudar tão cedo. Até o dia 15, o Climatempo não prevê chuvas significativas na metrópole. "Só então deverá cair água suficiente para reequilibrar a temperatura e encher os nossos reservatórios", completa Soares. Segundo a Sabesp, o Sistema Cantareira está funcionando com apenas 22,2% da capacidade.

Fonte: VEJA SÃO PAULO