publicidade

Restaurantes

Jacarandá, em Pinheiros, tem clima de jardim e bons pratos

Nova casa da restauratrice Ana Maria Massochi foi erguida em torno de uma árvore

15.fev.2013 | Atualizada em 18.jun.2013 por Arnaldo Lorençato

Erguido no jardim de uma antiga casinha em Pinheiros, o Jacarandá mostra-se bastante agradável. Apesar de menos exuberante do que o Figueira Rubaiyat, que também possui uma bela árvore como atração, o restaurante é um daqueles lugares acolhedores, cercados por muito verde. Dá vontade de passar horas por lá.

+ Saiba mais sobre o mundo da gastronomia no blog do Lorençato

Trata-se de mais um projeto da restauratrice argentina Ana Maria Massochi, dona de casas como a churrascaria Martín Fierro e o ítalo-portenho La Frontera. Nessa empreitada, ela tem entre os sócios a publicitária Flavia Moraes, responsável pelo bar Tatu, localizado no subsolo do estabelecimento e ainda em fase de ajustes.

Depois de percorrer uma pequena alameda onde fica um armazém com produtos como queijo da Serra da Canastra e pimenta amazônica jiquitaia, chega-se ao salão envidraçado.

Jacarandá: o salão envidraçado e cercado por muito verde
Jacarandá: o salão envidraçado e cercado por muito verde
(Foto: Ricardo D'Angelo)

As receitas são do uruguaio Gastón Yelicich. Cozinheiro afi nado, ele trabalha em parceria com o subchef Filipe Leite e acerta em sugestões simples, a exemplo da bisteca de carne de porco guarnecida de batata-doce assada bem sequinha (R$ 38,00) e do talharim fresco da Mesa III ao molho de tomate e camarão fresco em pedaços misturado a cubinhos de salame espanhol (R$ 45,00).

Desfrute antes a ótima seleção de entradas, que inclui um delicioso ovo empanado de gema mole sobre ragu de grão-de-bico e bacalhau (R$ 10,00). Também são formidáveis as empanadas recheadas de queijo da Serra Canastra e ossobuco (R$ 10,00). Outro petisco, a fainá tem a forma de uma polentinha tostada de grão-de-bico junto de coalhada seca (R$ 8,00).

Vale encerrar com o bolo de chocolate amargo (R$ 12,00) de sabor intenso, suavizado por creme azedo. A carta de vinhos traz garrafas argentinas, entre as quais Zuccardi Serie A (R$ 80,00) e Aruma (R$ 88,00), ambas da uva malbec e da safra 2010.

COMIDA ✪✪✪✪ | AMBIENTE ✪✪✪ | SERVIÇO ✪✪✪

+ Veja o cardápio completo do Jacarandá

publicidade

X

Avaliação de VEJA SP

Não foi avaliado

Avaliação de VEJA SP

Péssimo

Avaliação de VEJA SP

Fraco

Avaliação de VEJA SP

Regular

Avaliação de VEJA SP

Bom

Avaliação de VEJA SP

Muito bom

Avaliação de VEJA SP

Excelente

Avaliação dos usuários

Ainda não foi avaliado

Avaliação dos usuários

Péssimo

Avaliação dos usuários

Fraco

Avaliação dos usuários

Regular

Avaliação dos usuários

Bom

Avaliação dos usuários

Muito bom

Avaliação dos usuários

Excelente

Avaliação do usuário

Péssimo

Avaliação do usuário

Fraco

Avaliação do usuário

Regular

Avaliação do usuário

Bom

Avaliação do usuário

Muito bom

Avaliação do usuário

Excelente

Péssimo

Fraco

Regular

Bom

Muito bom

Excelente

Comente

Envie por e-mail