Especial

Itu: as boas compras

Prepare-se com roteiro que VEJA SÃO PAULO preparou com locais para fazer compras na cidade

Por: Flávia Salvetti, Juliana de Faria e Kiki Romero - Atualizado em

Três antiquários no coração da cidade: o Itu-Antigo, especializado em móveis (à esq.), o Lila, aberto desde 1965 em um casarão com mais de 180 anos (no alto, à dir.), e o Tempo do Onça, onde se podem encontrar bons móveis e assoalhos de madeira reaproveitada.

Cidade dos aumentativos, Itu sempre foi conhecida por seus pontos turísticos "exagerados" e pelos produtos gigantescos que lá são vendidos. Tal fama acabou por encobrir outra de suas facetas: a de ter interessantes antiquários recheados de bons achados (apesar de nem sempre baratos). Caminhar pelas ruas próximas ao centro é uma viagem ao passado. Cristaleiras, cadeiras, mesas de vários tipos e telefones antigos fazem o gosto de colecionadores e de quem tem uma queda por decoração kitsch. Itu também oferece opções de passeios bacanas, como museus e fazendas, para quem acredita que tamanho não é documento.

Presentes gigantes

É na Praça Padre Miguel, no centro, que estão os dois pontos turísticos mais conhecidos da cidade: o orelhão e o semáforo de 7 metros de altura cada um. Itu começou a ganhar fama de ser um lugar onde tudo é exageradamente grande a partir de 1967, quando o personagem Simplício, do programa de TV Praça da Alegria, interpretado pelo ator Francisco Flaviano de Almeida, ituano de nascimento, passou a fazer piadas sobre isso. O comércio embarcou na idéia e, ao redor da praça, surgiram algumas lojas que vendem produtos como a "canetinha" (R$ 2,00 a R$ 7,00) ou a "borrachinha" (R$ 3,00 a R$ 8,00) de Itu. Há até cotonetes com 1 metro de comprimento (R$ 3,00 ou R$ 4,00). A novidade nas prateleiras fica por conta de uma imitação do Viagra mais ou menos do tamanho de um CD (R$ 4,00).

• O Gigantão. Praça Padre Miguel, 123, centro, tel:(11) 4022-7287. 8h30/18h (seg. a sex.) e 8h30/19h (sáb., dom. e feriados). www.itu.com.br/gigantao.

Golfe e cavalgadas

• Fazenda Capoava. Sua sede foi construída em 1750 e funcionou como fazenda de cana, café e gado. Antes de virar hotel, passou por uma reforma, mas os detalhes originais do casarão e da senzala foram mantidos. Monitores fazem a festa da criançada, enquanto os adultos pescam, cavalgam ou percorrem trilhas. Diárias a partir de R$ 558,00 o casal, com pensão completa.

Estrada do Pedregulho, s/nº, tel: (11) 2118-4100, www.fazendacapoava.com.br.

• Terras de São José Golfe Clube. A área de lazer oferece piscina, quadra de tênis, campo de futebol, academia e playground. A estada no hotel dá desconto de 20% no jogo de 27 buracos (R$ 280,00). Diárias a partir de R$ 180,00 o casal, com café-da-manhã.

Alameda Corporação Musical União dos Artistas, s/nº, Condomínio Terras de São José, tel:(11) 4025-7400, www.golfhotel.com.br.

Haja energia!

• Fazenda do Chocolate. É para se esbaldar: a fazenda produz café, mel, licores, bolachas, sorvetes, doces e, claro, chocolates. Uma barrinha ao leite com 35 gramas sai por R$ 2,25. Os visitantes podem se aventurar ainda em passeios a cavalo. A trilha de uma hora custa R$ 16,00 por pessoa. Entrada gratuita.

Estrada para Cabreúva, quilômetro 90, tel:(11) 4022-5492. 8h30/18h. www.fazendadochocolate.com.br.

• Museu da Energia. A exposição mostra os usos e costumes anteriores e imediatamente posteriores à implantação da eletricidade, no período de 1850 a 1950. Seu acervo conta com candelabros, lamparinas, lampiões e eletrodomésticos que funcionam a gás. Entrada: R$ 4,00.

Rua Paula Souza, 669, centro, tel:(11) 4022-6832. 10h/17h (ter. a dom. e feriados). www.museudaenergia.org.br.

• Parque do Varvito. Patrimônio tombado, o local foi construído em uma antiga pedreira e expõe formações rochosas da era glacial. Há painéis explicativos para os visitantes. Entrada gratuita.

Rua Parque do Varvito, s/nº, Nossa Senhora da Candelária, tel:(11) 4022-2181. 8h/17h (ter. a dom.).

Carne é a melhor pedida

• Rancho da Picanha. O restaurante tem salão espaçoso e área verde grande. Uma de suas especialidades é o prato "à moda do rancho", em que a carne vem acompanhada de arroz branco, feijão, polenta, torresmo, mandioca frita e salada (R$ 29,00). Há opções com frango e peixe.

Rodovia Waldomiro Corrêa de Camargo, quilômetro 57, tel:(11) 4024-1093. 11h/15h (ter. a sex.), 11h/16h (sáb., dom. e feriados). www.ranchodapicanha.com.br.

• Steiner. Conhecida como Bar do Alemão, a casa sempre movimentada serve especialidades como joelho de porco com chucrute (R$ 64,00) e salsichões (a partir de R$ 27,00). Mas o prato mais pedido é o filé à parmigiana (R$ 77,00 para quatro pessoas).

Rua Paula Souza, 575, centro, tel:(11) 4022-4284. 11h30/23h30 (ter. a sáb.) e 11h30/22h (dom.).

O que comprar

1. Porta-jóias de prata de lei, R$ 200,00. Casa Amarela Antiguidades, Rua dos Andradas, 306, centro, tel: (11) 4022-4918.

2. Oratório de viagem (R$ 600,00) e santinha de madeira do século XVIII (R$ 250,00). Antiquário da Esquina, Praça Padre Anchieta, 80, centro, tel: (11) 4013-0443.

3. Jogo de chá WMF, R$ 1 200,00. Casa Amarela Antiguidades, Rua dos Andradas, 306, centro, tel: (11) 4022-4918.

4. Bule de porcelana, R$ 150,00. Minh'Avó Tinha..., Rua Bom Jesus, 217, centro, tel: (11) 4023-7494.

5. Maquininha de costura de brinquedo, R$ 180,00. Antiquário da Esquina, Praça Padre Anchieta, 80, centro, tel:(11) 4013-0443.

6. Moedor de café manual, R$ 450,00. Itu-Antigo, Rua Paula Souza, 754, centro, tel: (11) 4022-1212.

7. Maria-fumaça de latão, R$ 500,00. Itu-Antigo, Rua Paula Souza, 754, centro, tel: (11) 4022-1212.

8. Travessa inglesa azul borrão, R$ 1 600,00. Tempo do Onça, Rua Paula Souza, 687, centro, tel: (11) 4022-8500.

9. Valete de madeira para pendurar roupa e colocar abotoaduras, canetas e dinheiro, R$ 780,00. Antiquário Lila, Rua

Paula Souza, 607, centro, tel: (11) 4022-0288.

10. Cachimbo austríaco de porcelana, R$ 250,00. A.R. Antiguidades, Rua Paula Souza, 558, centro, tel: (11) 4013-1335.

11. Garrafinha de vidro de farmácia, R$ 150,00. Casa Amarela Antiguidades, Rua dos Andradas, 306, centro, tel: (11) 4022-4918.

12. Calculadora manual, R$ 900,00. Antiquário da Esquina, Praça Padre Anchieta, 80, centro, tel: (11) 4013-0443.

13. Balança de farmácia de manipulação com pesos, R$ 280,00. Antiquário da Esquina, Praça Padre Anchieta, 80, centro, tel: (11) 4013-0443.

14. Xícara inglesa do século XIX, R$ 500,00. Minh'Avó Tinha..., Rua Bom Jesus, 217, centro, tel: (11) 4023-7494.

15. Tijolos de 1875 com o brasão do Império, R$ 80,00 cada um. Antiquário Lila, Rua Paula Souza, 607, centro, tel: (11) 4022-0288.

16. Roca de madeira usada para tecer fios, R$ 500,00. Itu-Antigo, Rua Paula Souza, 754, centro, tel: (11) 4022-1212.

17. Jarra e bacia de porcelana inglesa, R$ 1 200,00. Itu-Antigo, Rua Paula Souza, 754, centro, tel: (11) 4022-1212.

Fonte: VEJA SÃO PAULO