Bar

Itigo Sake House oferece extensa e detalhada carta de saquês

Inaugurado há quase dois meses, bar tem como especialidade bebidas importadas do Japão e petiscos típicos em pequenas porções

Por: Helena Galante - Atualizado em

Itigo Sake House - 2190
Salão sóbrio com balcão: inspiração asiática (Foto: Fernando Moraes)

Formada em administração de empresas pela Fundação Getulio Vargas e em gastronomia pela Universidade Anhembi Morumbi, Ana Toshimi Kanamura viajou para a terra de seus avós paternos para pesquisar qual o negócio que gostaria de abrir. Em Tóquio, encantou-se com os izakayas — os pequenos bares de administração familiar. De volta a São Paulo, ela e o marido, Evandro Aguiar, adaptaram esse modelo e deram forma ao Itigo Sake House, inaugurado há quase dois meses nos Jardins. Trata-se de um endereço de ambiente claro e sóbrio, com acomodações no balcão e em mesas, que tem por especialidade saquês importados do Japão e petiscos típicos em pequenas porções.

Itigo Sake House - saquês - 2190
Trio de saquês importados: para degustação (Foto: Fernando Moraes)

Percorra sem pressa a extensa carta. Ao lado de cada um dos 32 exemplares da bebida há informações técnicas sobre seu teor alcoólico e o grau de polimento do grão de arroz (quanto mais polido, mais nobre o saquê). Se o cliente tem alguma dúvida, a própria Ana vai até ele e dá uma breve explicação. Parte das sugestões está disponível apenas em garrafa de 720 mililitros. Nesse caso, os preços variam de R$ 35,00 a R$ 585,00. Há também doses de 180 mililitros (o seco e agradável Hakushika Karakuchi sai por R$ 18,00). Para os iniciantes, vale a pena pedir a degustação de três categorias (R$ 35,00) e tentar identificar as diferenças de aromas e sabores da versão mais simples à premium. A afinada equipe de cozinha, comandada por Fábio Okamoto, prepara delícias como o ceviche disposto em rodelas de batata doce (R$ 18,50) e as tiras de porco empanadas na farinha de pão (R$ 15,00).

BEBIDAS ✪✪✪ | AMBIENTE ✪✪✪ | COZINHA ✪✪✪

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO