História

Itaim Bibi concentra grande quantidade de bares e restaurantes

Inaugurada em 1943, a fábrica da Kopenhagen funcionou por mais de cinquenta anos no bairro

Por: Jéssika Torrezan

Loja da Kopenhagen ITAIM BIBI
Décadas de chocolate: a loja atual da Kopenhagen, na Rua Joaquim Floriano (Foto: Mario Rodrigues)

AROMA DOCE NO AR

Até pouco tempo atrás, o Itaim contava com um cheiro bem específico: chocolate. Inaugurada em 1943, a fábrica da Kopenhagen funcionou por mais de cinquenta anos na esquina das ruas Bandeira Paulista e Joaquim Floriano, onde hoje está instalado o Brascan Open Mall. Os moradores mais antigos se lembram de quando os fundadores da marca, David Kopenhagen e sua mulher, Anna, distribuíam doces às crianças em épocas de festa, como a Páscoa e o Natal. A loja da Rua Joaquim Floriano, aberta por David em 1932, permanece no mesmo local desde então, mas não pertence mais à família. A empresa foi vendida em 1996 ao grupo CRM, e o estabelecimento virou franquia.

+ Saiba mais sobre a história do Itaim Bibi

+ A guerra do chocolate: Kopenhagen, Brasil Cacau e Cacau Show

Fábrica da Kopenhagen no ITAIM BIBI - 2228a
Tradição no bairro: a fábrica da Kopenhagen, nos anos 70 (Foto: Divulgação)

FARTURA CULINÁRIA

Quando se trata de alimentação, o Itaim é referência em ofertas de serviço. Conhecido pela grande quantidade de bares e restaurantes, o bairro também supera outros de perfil semelhante no número de padarias, hipermercados e supermercados.

Fonte: Cognatis Geomarketing
Alimentação no ITAIM BIBI - 2228a
* Quantidade de estabelecimentos a cada 10 000 habitantes (Foto: Fonte: Cognatis Geomarketing)
* Quantidade de estabelecimentos a cada 10.000 habitantes

+ Chocolaterias lançam imitações da nhá benta da Kopenhagen

+ Xaveco Virtual: nossa ferramenta para paquerar no Twitter

Fonte: VEJA SÃO PAULO