Entrevista

“Meu único desejo até agora foi comer broto de feijão”

Aos três meses de gestação, Isabella Fiorentino experimenta as primeiras mudanças no dia a dia

Por: João Batista Jr. - Atualizado em

Isabella Fiorentino
Isabella, em casa: caftã para ficar chique e à vontade (Foto: Cida Souza)

No dia 20 de fevereiro, Isabella Fiorentino – apresentadora do programa Esquadrão da Moda e colunista de VEJA SÃO PAULO – descobriu que está grávida do primeiro filho. Nesta entrevista, ela conta como está atravessando a fase de enjôo, os planos para o futuro e ensina, dica a dica, como ser um grávida fashion.

Quando descobriu que estava grávida?

Foi no dia 20 de fevereiro. Sempre quis engravidar, mas estava deixando mais para frente por causa do trabalho. Meu marido queria logo depois de termos casado, em 2008. Graças a Deus temos um relacionamento equilibrado, então não houve pressão. Mas agora acho que é o momento certo, o Esquadrão da Moda já completou dois anos. É um bom momento.

Será o primeiro filho de muitos?

Acho que sim. Minha família é grande, somos seis irmãos (Isabella tem um irmão que faleceu aos 15 anos de idade). Quero família grande e alegre.

Como vão ficar as gravações do seu programa Esquadrão da Moda?

Teremos umas férias entre maio e julho. Em agosto, voltaremos com tudo. Isso significa que irei gravar o programa barriguda. E pensamos em fazer alguns episódios especiais com mulheres grávidas. A gestante fica mais iluminada e feliz, por isso precisa valorizar seu corpo. Não há motivo para usar camiseta grande para esconder o corpo.

+ Veja dicas da colunista de VEJA SÃO PAULO

Dizem que grávida sente muito cansaço. É verdade?

Sim! No começo o nosso pique vai embora, mas aos poucos estou me recuperando. É uma fase de adaptação. Na verdade, eu tenho trabalhado bastante. Vou lançar uma coleção de óculos escuros pela Tecnol, além de uma minicoleção de roupas – com calça jeans, camiseta, vestido e sandália – que será vendido a partir de setembro pelo catálogo da Avon.

Sente enjôos?

Muito. Estou tendo dificuldade para comer, pois os cheiros me enjoam muito. Não posso entrar na cozinha, meu estômago fica revirado. Mas me policio bem: nada de comer chocolate ou doce. Um dia, meu marido teve de sair correndo para o supermercado Santa Maria. Eu queria comer broto de feijão, que temperei com azeite, limão e sal. Este foi o único desejo até agora. Estou sendo uma grávida disciplinada.

Já começou a fazer o enxoval?

Ainda não. Mas irei comprar tudo aqui no Brasil mesmo, temos coisas ótimas. Muita gente tem ido aos Estados Unidos, mas vou escolher tudo aqui em São Paulo.

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO