GENTE

Por onde andam os irmãos do "Para Nossa Alegria"?

Fenômeno da web há quatro anos, dupla agora tenta vender produtos que levam sua marca

Por: Andreza Monteiro - Atualizado em

Dupla Para Nossa Alegria
Irmãos conquistaram o país em 2012 após sucesso de um vídeo em que apareciam cantando (Foto: Divulgação)

Eles viralizaram em 2012 com uma gravação caseira. Jefferson e Suellen Barbosa ganharam a internet ao aparecerem cantando o hit gospel Para Nossa Alegria e, quatro anos depois, ainda colhem os frutos daquele sucesso repentino. Por onde passam, costumam ser reconhecidos. “Recentemente, fiz tranças no cabelo e dei uma mudada, mas o Jefferson ainda costuma ser bastante requisitado porque o rosto dele não mudou nadinha”, conta Suellen. 

No vídeo, os dois irmãos adolescentes cantam ao lado da mãe, sentados em um sofá, e, como se fizessem uma brincadeira para irritá-la, fazem caras e bocas, arrancando risos de quem os assiste. Em determinado momento, Jefferson se empolga e solta um altíssimo "Para Nossa Alegria".

+ Lembra dele? Vavá do Karametade faz dupla pagodeira com irmão

Suellen e Jefferson, atualmente com 21 e 23 anos, respectivamente, explicam que nem tudo mudou após a fama, principalmente considerando a vida simples que a família leva, no bairro Parelheiros, extremo sul da capital.

gilson matias e pna
A dupla e o assessor Gilson Matias (Foto: Divulgação)

"Nós continuamos morando na mesma casa e temos uma rotina normal. Pegamos ônibus, trem, como sempre foi”, explica o rapaz. Eles mantêm uma página no Facebook na qual compartilham sua rotina com os mais de 2,6 milhões de fãs, a Nossa Alegria Oficial.

Os irmãos decidiram usar o jargão "Para Nossa Alegria" para tentar faturar. Como a renda da família caiu após dona Marinalva, a mãe, ter deixado o emprego, eles começaram a apostar em produtos de higiene e beleza. "Fizemos uma parceria com uma empresa de cosméticos de São Paulo", explica Suellen. "Além de ser uma forma de obter alguma renda, a ideia também é poder destinar parte do lucro das vendas a instituições de caridade que apoiamos."

+ Treze anos depois, veja como estão as "crianças" do grupo Mulekada 

A carreira musical não chegou a decolar, porém o único CD que a dupla gravou, em 2012, ainda é vendido e tem como foco principal as igrejas evangélicas. “É comum alguns pastores procurarem a gente e pedirem certo número de cópias para vender durante os cultos.”, explica Gilson Matias, assessor comercial da dupla. O valor de cada unidade gira em torno de 10 reais.

+ Jessica Alba canta ‘Para Nossa Alegria’ em anúncio de curso de inglês

Para um futuro próximo, eles também sabem exatamente o que desejam. Jefferson quer cursar enfermagem e Suellen investe na montagem de um salão de cabeleireiro especializado em penteados afro. 

Fonte: VEJA SÃO PAULO