Memória paulistana

Intimidade do escritor Monteiro Lobato é relatada no livro Juca e Joyce

Por: Edison Veiga [Maria Paola de Salvo] - Atualizado em

Nascido em Taubaté, o escritor José Bento Monteiro Lobato (1882-1948) passou boa parte de sua vida na capital paulista. Entre idas e vindas, morou em onze endereços paulistanos – cinco deles no bairro da Aclimação (como a casa acima). Em família, Lobato era tratado por Juca. "Todos o chamavam assim. Menos os filhos", conta sua neta, a desenhista Joyce Kornbluh. Há dois anos, em vários encontros com a jornalista Marcia Camargos, ela registrou 100 horas de depoimento sobre o avô. O material resultou no livro Juca e Joyce, recém-lançado pela Editora Moderna. Em suas páginas, revela-se a intimidade do escritor, aficionado da fotografia. Munido de sua câmera Rolleyflex, Lobato flagrou a neta (acima) brincando com a máquina de escrever que ele usava para trabalhar.

Fonte: VEJA SÃO PAULO