Política

Paulistanos promovem panelaço durante pronunciamento de Eduardo Cunha

Presidente da Câmara citado na Operação Lava-Jato falou em rede nacional na noite desta sexta (17)

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

Eduardo Cunha
Presidente da Câmara dos Deputados: Eduardo Cunha anunciou nesta sexta o rompimento político com o governo Dilma Rousseff (Foto: Joel Rodrigues/Frame/Folhapress)

Após romper com o governo e falar que agora faz parte da oposição, o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, fez um pronunciamento em rede nacional na noite desta sexta (17). A manifestação do político, que foi citado durante as delações na Operação Lava-Jato, provocou um panelaço entre os moradores de São Paulo.

+ Tuca Andrada comenta críticas de Thayla Ayala ao Brasil 

Em seu pronunciamento gravado na última semana, Cunha não falou sobre as acusações. Destacou apenas os feitos da Câmara dos Deputados, relacionando a redução da maioridade penal, a PEC da bengala, entre outros assuntos. 

Eduardo Cunha
Cunha publicou chamamento no Facebook para que o público assistisse a seu pronunciamento | Crédito: Reprodução Facebook

+ Confira as principais notícias da cidade

Durante a transmissão, paulistanos demonstraram sua insatisfação com a situação do país batendo panelas e apitando. Foi possível ver manifestações em bairros como Vila Mariana, Brás, Bela Vista e Pompeia.

Denúncia

A expectativa para o pronunciamento de Cunha era grande, já que o presidente da Câmara foi citado pelo delator Júlio Camargo nas investigações da Operação Lava-Jato da Polícia Federal. O parlamentar teria pedido 5 milhões de dólares para aprovar dois contratos em 2006 e 2007.

Com a divulgação das denúncias, Cunha anunciou seu rompimento com o governo. O político disse que irá cumprir seu papel institucional como presidente do legislativo, mas será de oposição ao trabalhar como deputado. Ele também pediu que o PMDB saísse do governo.

Fonte: VEJA SÃO PAULO