Tome nota

Intercâmbio: dicas para não cair em armadilhas

Veja o que você deve analisar na hora de escolher sua viagem

Por: Manuela Nogueira

Toronto - Canadá - capa 2204
Toronto, no Canadá: boas escolas atraem os brasileiros (Foto: Divulgação)

■ Pesquise sobre o país e a cidade escolhidos. Quem está acostumado com agito pode ficar entediado em um lugarzinho pacato, sem muitas alternativas de diversão.

■ Programe-se com antecedência. Em países que exigem visto de entrada, esse documento pode demorar para ser concedido.

■ Preste atenção ao clima. Muitos dos destinos procurados pelos paulistanos têm inverno bem mais rigoroso que o nosso.

■ Converse com pessoas que passaram pelo mesmo programa que você quer fazer.

■ Não vá sem um seguro-saúde. Se houver a possibilidade de praticar esportes radicais, veja se a cobertura está inclusa no pacote.

■ Quem optar pelo programa de high school deverá se informar no colégio daqui sobre os documentos necessários para cursar o ensino médio novamente quando retornar.

■ Pergunte se o curso escolhido é reconhecido pelas escolas do Brasil.

■ Para pós-graduação, verifique se o seu nível linguístico é compatível com o exigido.

■ Confira se a agência de viagem faz parte de federações nacionais ou internacionais. Vale checar também se a empresa tem escritórios próximos ao seu destino.

■ Se vai ficar em casa de família, entre em contato com os anfitriões. É muito importante saber se há fumantes, animais de estimação, crianças... Está instalado e não se adaptou? Peça mudança à escola ou agência.

■ Contrate uma operadora tarimbada em programas de intercâmbio e desconfie de orçamentos muito fora da média do mercado.

■ Leia o contrato com atenção. Cheque a cláusula de desistência, pois imprevistos podem acontecer.

■ Fuja dos fast-foods e siga uma dieta balanceada. Deixe para experimentar guloseimas gordurosas nos fins de semana. Quem fica em casa de família tende a ter uma alimentação mais saudável.

■ Se precisar tomar remédios regularmente, calcule a quantidade necessária para o período da estada e leve-a na bagagem. É importante ter à mão, também, as receitas médicas traduzidas para o idioma do país de destino.

■ A conta do celular pode sair cara por causa do roaming. Por isso, se quiser usar seu aparelho, opte por comprar um chip local para fazer ligações. Programas da internet como o Skype dão a oportunidade de falar de graça — ou por um valor razoável — com parentes e amigos distantes.

■ Como a internet sem fio gratuita está em casas de família, escolas e cafés, quem quiser poderá levar notebook, netbook ou tablet daqui e usá-lo sem custo adicional.

■ É fundamental atentar para a legislação do local que se está visitando, já que ela muda drasticamente de lugar para lugar. Em alguns países e estados dos EUA, a idade mínima para comprar bebidas alcoólicas é de 21 anos. Infratores podem ser multados ou até deportados.

■ Encantou-se com aquele garoto ou garota? Lembre-se de que a viagem tem data para acabar. Além disso, algumas agências de intercâmbio garantem que mandam para casa menores de idade que são pegos praticando sexo.

+ Tudo sobre intercâmbio

+ Conheça os melhores cursos de MBA e Escolas de Inglês

ONDE SABER MAIS

16º Salão do Estudante 

16º Salão do Estudante - capa 2204
(Foto: Divulgação)

Cerca de 20.000 visitantes devem comparecer ao evento, que ocorre no próximo fim de semana. Representantes de 220 instituições de ensino, vindos de dezesseis países, estarão presentes, além de 41 agências de turismo. Entre os estandes imperdíveis, há o da escola New York Film Academy e o da The French Culinary Institute.

Rua Luís Coelho, 323, Consolação (Centro de Eventos do Colégio São Luís). Sábado (19) e domingo (20), 13h/19h. R$ 10,00. www.salaodoestudante.com.br

12ª ExpoBelta 

12ª ExpoBelta
(Foto: Divulgação)

No ano passado, a exposição recebeu 7.500 pessoas e, para 2011, a expectativa é que venham 9.000 visitantes. Haverá palestras sobre sistema educacional, variedade de cursos, documentos necessários e vistos. Mais de cinquenta países estarão representados, mas o destaque do evento serão as 500 instituições de ensino do Reino Unido, como a University of the Arts London.

Rua Frei Caneca, 569, Consolação (Centro de Convenções Frei Caneca). 19 e 20 de março, 14h/19h. R$ 10,00. www.expobelta.org.br

Fonte: VEJA SÃO PAULO