Maternidade

Inmetro retira berço da marca Burigotto do mercado

Instituto avaliou que o modelo Nanna pode causar asfixia na criança

Por: Veja São Paulo

Burigotto berço nana
Berço Nana, da Burigotto: vendas suspensas (Foto: Reprodução)

O Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) anunciou a retirada do mercado do berço dobrável Nanna, da marca Burigotto.

+ Confira notícias sobre São Paulo

De acordo com nota divulgada pelo órgão, foi realizado um estudo que evidenciou o risco de asfixia entre as laterais e extremidades do berço e do colchão. O teste considerou o uso normal da peça, simulando diversas posições e formas de travamento.

O Inmetro ainda recomenda aos consumidores a suspensão do uso deste modelo de berço. Ele só poderá ser comercializado caso se submeta novamente à bateria de provas.

+ Presentes e passeios para comemorar o Dia dos Namorados

No último mês, o Inmetro aumentou o rigor da regulamentação dos berços, o que levou a retirada desta peça.

A Burigotto declarou que já providenciou a retirada do produto de forma preventiva já que ainda não foi notificada quanto à possibilidade de um recall. Em comunicado, a empresa afirma que aguarda a conclusão de mais testes exigidos pela nova regulamentação.

"O berço Nanna é comercializado há seis anos, com certificado do Inmetro", diz a nota. "Nunca houve antes registros de acidentes envolvendo o produto."

O produto já não é mais encontrado nos sites de lojas como Extra e Magazine Luiza.

Fonte: VEJA SÃO PAULO