LAZER

Ingresso de cinema em shopping varia até 86%

Pesquisamos os valores das sessões em trinta centro de compras da capital 

Por: Andreza Monteiro - Atualizado em

Shopping Aricanduva - Cinemark
Rede Cinemark mantém uma das maiores salas de São Paulo, com 546 lugares (Foto: Gabriel Bentley/VEJASP)

O mesmo filme, o mesmo ator indicado ao Oscar, a mesma poltrona... E até aquela pipoquinha com manteiga que o cheiro dá água na boca. Pode parecer tudo um pouco igual, quem sabe até repetitivo, mas as semelhanças acabam por aí caso o cliente considere o bolso na hora de escolher em qual cinema ir. A diferença de preços das sessões de filmes em cinemas de shoppings São Paulo pode ultrapassar os 85%. 

+ Saiba mais sobre cinema no blog Tudo Sobre Cinema

VEJA SÃO PAULO levantou os preços das sessões tipo "padrão" (que não incluem salas especiais, como as do Shopping JK Iguatemi) de todos os cinemas que funcionam em centros de compras da capital. Para não haver distorcões, a comparação foi feita somente entre cinemas da mesma rede e no mesmo dia e horário. 

Na rede Cinemark, por exemplo, a diferença de valores bate os 86%. Às quarta-feiras, no Raposo Shooping, localizado no quilômetro 14 da Raposo Tavares, o preço da entrada é de 14 reais em todos os filmes do dia (não foram consideradas as opções em 3D). Já nos shoppings de luxo Cidade Jardim e Iguatemi, o ingresso sai por 26 reais no mesmo dia. 

+ Deadpool, personagem da Marvel, ganha seu primeiro filme

Aos sábados, domingos e feriados, quando normalmente é mais caro ver um filme na telona, o Cinemark do Raposo Shopping também aparece com o menor preço, ao lado do Cinépolis do mais Shopping, em Santo Amaro. Ambos, considerando todas as sessões, anotam preço médio de 17 reais por bilhete (nas sessões noturnas o valor sobe para 22 reais).

Na outra ponta, com os maiores preços, novamente estão as salas do Iguatemi e do Cidade Jardim, onde a entrada custa 33 reais, nos mesmos dias e horários, uma diferença de 50%.

Anália Franco UCI
Anália Franco UCI (Foto: Divulgação)

Em outras redes que funcionam na cidade também são observadas varições relevantes, como a UCI Cinemas, que possui salas-padrão nos shoppings Plaza Sul, Anália Franco e Santana Parque Shopping. Na sessão noturna aos sábados, domingos e feriados no Santana Parque Shopping paga-se 20 reais, enquanto no shopping Anália Franco, 26 reais.

+ Fique de olho nos filmes que estreiam em breve

Procuradas pela reportagem, apenas Cinemark, Cinépolis e UCI se manifestaram até a publicação deste texto. A assessoria do Cinemark informou, em nota, que "os valores dos ingressos nas bilheterias variam de região para região ou cidade para cidade, pois sobre os preços finais recaem itens variáveis como aluguel do espaço e o custo de manutenção, entre outros”.  

A rede Cinépolis, que mantém salas tradicionais no Shopping Metrô Itaquera e no Mais Shopping, em Santo Amaro, afirmou que os preços são estabelecidos com base no perfil de cada unidade. “No shopping Metrô Itaquera, trata-se de um cinema com custos operacionais bem mais altos, aluguel mais alto, quantidade de funcionários 50% maior comparado com o Mais Shopping de Santo Amaro. UCI Também disse que variação deriva do perfil de cada shopping. "Custos como manutenção, funcionários, fornecedores, por exemplo, variam dependendo da região de cada um dos cinemas", informou 

A Playarte não se manifestou.

Confira abaixo os valores dos cinemas em shoppings de São Paulo: 

tabelacinemark
* matinê ** noite *** matinê **** noite (Foto: )
tabelastres
* matinê ** noite ***matinê ****noite (Foto: )

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO