Fogo

Resultado da perícia sobre incêndio no Memorial deve sair na segunda

No domingo, a Defesa Civil interditou o auditório Simón Bolívar por tempo indeterminado para evitar acidentes no local

Por: Carolina Romanini - Atualizado em

O resultado da perícia feita pela Defesa Civil no sábado (30), em parceria com o Corpo de Bombeiros, sobre as possíveis causas do incêndio que atingiu o Auditório Simón Bolívar, no Memorial da América Latina, deve ser revelado nesta segunda (2). Até lá, o espaço segue lacrado pela Defesa Civil para evitar acidentes.

+ Prefeitura diz que auditório que pegou fogo não tinha alvará de funcionamento

Também na próxima semana, o corpo diretivo do Memorial da América Latina deve se reunir para debater as condições de reconstrução do auditório, assim como o destino e calendário das atividades que estavam previstas para acontecer ali.

Incêndio - Memorial - Corpo de Bombeiros 2
Homem dos Bombeiros trabalha para conter chamas no auditório Simón Bolívar, no Memorial da América Latina (Foto: Alberto Takaoka/Corpo de Bombeiros)

Segundo a assessoria de imprensa do Memorial, após essas decisões, o presidente João Batista de Andrade deve entrar em contato com a artista Tomie Ohtake para negociar a reconstrução da sua tapeçaria de mais de 800 metros quadrados que enfeitava o espaço e foi totalmente destruída pelas chamas.

+ Incêndio destrói auditório no Memorial da América Latina

O incêndio de grandes porporções que atingiu o auditório na última sexta-feira (29), por volta de 15h, deixou pelo menos onze bombeiros feridos. Na manhã deste domingo (1), quatro deles permaneciam internados na UTI do Hospital das Clínicas, já em situação estável. Nenhum deles corre risco de morte.

memorial_da_america
Fogo atingiu o Memorial da América Latina (Foto: Reprodução/TV Globo)

Fonte: VEJA SÃO PAULO