Memória

O templo da arte barroca

Obra de 14 milhões de reais resgata Igreja da Ordem Terceira, no Largo São Francisco

Por: Maurício Xavier [reportagem de Ricardo Rossetto]

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Fechada há cinco anos, a Igreja da Ordem Terceira de São Francisco, vizinha à Faculdade de Direito da USP, no centro, foi reaberta no último dia 1º, após investimentode 14 milhões de reais para restaurar a estrutura e obras de arte.

Inaugurada em 1788, ela guarda valiosas relíquias barrocas, como pinturas dos séculos XVIII e XIX, quatro esculturas produzidas em 1650, sem autor conhecido, além de altares e artigos têxteis banhados a ouro. Há ainda ali um livro de óbitos que permite pesquisas sobre a genealogia dos paulistanos que financiaram a construção, principalmente familiares de bandeirantes.

“Trata-se de um lugar sagrado não apenas para os cristãos, mas para a história política e arquitetônica brasileira”, diz o professor Percival Tirapeli, especialista nos artigos guardados no espaço.

Fonte: VEJA SÃO PAULO