Erudito

Igreja no Centro recebe concerto gratuito nesta terça (5)

Soprano francesa Dominique Moaty e alaudista brasileira Silvana Scarinci tocam repertório barroco do compositor Alessandro Grandi

Por: Redação VEJA SÃO PAULO

Dominique Moaty
A soprano francesa Dominique Moaty se apresenta na Igreja da Boa Morte, dia 5, às 13h (Foto: Divulgação)

Com o objetivo de divulgar a música erudita e evidenciar o patrimônio histórico de São Paulo, a Igreja de Nossa Senhora da Boa Morte, no Centro, recebe a soprano francesa Dominique Moaty e a alaudista brasileira Silvana Scarinci para um concerto gratuito, na próxima terça (5), às 13h.

A apresentação integra o projeto Sons das Igrejas do Centro, promovido pelo Sesc Carmo, e inclui peças inéditas do compositor Alessandro Grandi, além de trabalhos de outros autores barrocos como Frescobaldi e Monteverdi.

Silvana Scarinci_com anjo
Silvana Scarinci e seu alaúde também fazem parte do concerto (Foto: Divulgação)

Dominique Moaty faz uma passagem rápida pelo Brasil e tem no currículo parcerias com grandes nomes da música erudita barroca como o americano William Christie e o belga Philippe Herreweghe. Ela divide o espaço com Silvana Scarinci, que estuda a música do século XVII e toca alaúde.

O local da apresentação não foi escolhido por acaso. Grande representante do barroco paulista, a Igreja da Boa Morte se destaca por sua simplicidade. Fundada em 1810, foi o primeiro templo de São Paulo em que brancos e negros sentaram-se juntos.

Fonte: VEJA SÃO PAULO