Crime

Idosa é sufocada até a morte em assalto no Ipiranga

O filho da vítima ficou ferido na ação e tentou reanimar a mãe seguindo orientações por telefone; bandidos levaram 15 mil reais

Por: Redação Veja São Paulo - Atualizado em

Arma
Criminosos haviam tentado invadir a casa no Ipiranga um dia antes do assalto (Foto: Latinstock)

Uma mulher de 78 anos foi morta após um assalto no bairro do Ipiranga, zona sul de São Paulo. Satika Sawada foi sufocada por bandidos que invadiram sua casa na manhã de sábado (30), segundo a Secretaria de Segurança Pública. O filho da vítima, um engenheiro de 52 anos, cujo nome não foi divulgado, ficou ferido na ação. 

O filho de Satika afirmou à polícia que estava dormindo quando três criminosos invadiram a casa, por volta das 6h. Ele foi amarrado para evitar uma possível reação. Dos três bandidos, dois estavam armados - um com um revólver e outro com uma faca. Durante 30 minutos, eles encontraram cerca de 15 mil reais em dinheiro. Também levaram um boné e um celular.

Também de acordo com o boletim de ocorrência, o engenheiro conseguiu se desamarrar somente após a fuga dos ladrões. Ele tentou reanimar a mãe conforme orientações por telefone de um funcionário do Serviço de Atendimento Médico de Urgência, o Samu. Ela já estava morta.

O engenheiro contou que, no dia anterior, homens tentaram invadir a casa, sem sucesso. Ele deve realizar o reconhecimento fotográfico dos foragidos nos próximos dias. O caso foi registrado como latrocínio - assalto seguido de morte - e será investigado pelo Deparmanento de Homicídios e Proteção à Pessoa.

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO