Mistérios da cidade

Uma pousada para os bonsais

Loja especializada no cultivo e venda das tradicionais plantas japonesas também serve como 'hotel" quando o dono precisa viajar

Por: Andreza Monteiro

geral
Na Bonsai Kai podem ser encontradas cerca de mil plantas à venda (Foto: Divulgação)

Estabelecimentos para hospedagem de animais são comuns na capital. O inusitado é a existência de um serviço para a acomodação de plantas. Instalada na Rua Miranda Guerra, no Campo Belo, a loja Bonsai Kai funciona como uma espécie de hotel para as tradicionais miniárvores, populares na cultura oriental. 

A preocupação se faz necessária porque alguns exemplares são delicados e requerem manutenção diária. “Boa parte dos bonsais não pode ser abandonada por dias seguidos, e oferecemos a comodidade de cuidar deles, disponibilizando água e luz solar constante, até que o cliente volte de uma viagem”, diz o proprietário do espaço, o engenheiro civil Marcio Augusto de Azevedo. “Uma planta saudável e bonita deve ser tratada como uma obra de arte”, completa. O preço da diária no local varia de 2 a 10 reais, dependendo do tamanho do arranjo. 

+ Projeto de arquiteta reúne as janelas mais icônicas da cidade

É uma quantia considerada modesta se for levado em conta que um espécime chega a custar até 60 000 reais no estabelecimento anexo à “pousada”. Mesmo os mais simples não saem por menos de 250 reais. Por ali, podem ser encontrados vegetais oriundos de países como Espanha e China. 

Com um nome que, em japonês, significa “cultivo em bandeja”, os bonsais recebem podas específicas por anos a fio até adquirir seu formato único. Abaixo, alguns exemplos.

+ Projeto decora a cidade com garrafas customizadas coletadas no lixo

Caliandra
A espécie Calliandra selloi pode custar até 35 000 reais (Foto: Divulgação)

Caliandra

Nome científico: Calliandra selloi

Idade: 45 anos

Preço: 35 000 reais

Apresenta delicadas folhas que se fecham à noite, flores de diferentes cores e até pequenos frutos no verão

 

Jabuticabeira
Comum no Brasil, o seu tronco passa por um processo de descascamento ao longo do crescimento (Foto: Divulgação)

Jabuticabeira

Nome científico: Myrciaria cauliflora

Idade: 36 anos

Preço: 7 500 reais

Há espécimes com folhas pequenas, e seu tronco passa por um processo de descascamento ao longo do crescimento

+ Mapa dos rios soterrados

Momiji
Suas folhas mudam de cor durante o ano, por isso costuma ser muito procurada pelos fãs de bonsais (Foto: Divulgação)

Momiji

Nome científico: Acer palmatum

Idade: 45 anos

Preço: 9 000 reais

De clima frio e cultivada na Região Sul do Brasil, possui folhas de cinco pontas que mudam de cor durante o ano

 

Taxodium (Pinheiro do Brejo)
O Pinheiro do Brejo pode chegar a mil anos (Foto: Divulgação)

Pinheiro do brejo

Nome científico: Taxodium distichum

Idade: 45 anos

Preço: 30 000 reais

Nativo da América do Norte, tem casca rugosa, folha sem escamas e chega a ultrapassar os 1 000 anos

Fonte: VEJA SÃO PAULO