Shows

Uma homenagem ao guitarrista George Harrison

Músicos brasileiros relembram o ex-beatle em um espetáculo de dois dias no Sesc Vila Mariana

Por: Pedro Ivo Dubra

Abre Shows - Um Tributo a George Harrison - 2222
No palco: Dinho Ouro Preto, vocalista do Capital Inicial; André Abujamra, integrante do Karnak; e Blubell, bom nome da nova geração de cantoras (Foto: Karen Tamak)

Em 2001, o ex-beatle George Harrison participou de um disco de Jim Capaldi, que foi baterista do Traffic. No CD “Living on the Outside”, pode ser ouvido um dos últimos registros de sua afamada guitarra na versão em inglês de Anna Julia, hit dos cariocas Los Hermanos, num tempo em que a banda pendia mais para o rock. George morreu no fim daquele ano. Passada uma década, músicos e cantores brasileiros devolvem um pouco da atenção dispensada pelo astro inglês à nossa música no espetáculo George — Um Tributo a George Harrison, em duas noites no Sesc Vila Mariana.

+ Professor ensina a tocar igual aos Beatles

+ "Cale-se — A Censura Musical" explora canções censuradas

Alguns dos ótimos temas compostos por ele, como “Something”, “Taxman”, “Here Comes the Sun” e “While My Guitar Gently Weeps”, ganharam arranjos do violista Fabio Tagliaferri, que divide o palco com mais sete instrumentistas. A eles se soma uma série diversificada de convidados: André Abujamra (Karnak), Tony Rosemberg (Cassavettes), Helio Flanders (Vanguart), Beto Bruno (Cachorro Grande), Dinho Ouro Preto (Capital Inicial), João Erbetta (Los Pirata), Blubell, Lu Horta e Danilo Moraes. Há mais duas participações especiais no projeto: Moska, que comparece na terça (21), e Edgard Scandurra, guitarrista do finado Ira!, presente no dia seguinte.

Fonte: VEJA SÃO PAULO