Crime

Homem é preso suspeito de iniciar incêndio em Paraisópolis

Denúncia foi feita por moradores do local

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

Incêndio na Paraisópolis 2
Incêndio teve início no fim da tarde (Foto: TV Globo)

Um homem foi preso sob suspeita de ter iniciado o incêndio que destruiu cerca de 120 casas na favela de Paraisópolis na noite deste sábado (14).

+ Incêndio de grandes proporções atinge a favela de Paraisópolis

De acordo com a assessoria da Polícia Militar, a corporação recebeu a denúncia dos próprios moradores do bairro de que o indivíduo estaria mexendo nos fios da rede elétrica. Trabalha-se com a hipótese de que o fogo tenha começado devido a um curto-circuito. O suspeito, preso em flagrante por crime de incêndio, está no 89º DP.

Incêndio na Paraisópolis
Doze viaturas do Corpo de Bombeiros foram mobilizadas no combate às chamas (Foto: TV Globo)

As chamas se alastraram por volta das 17 horas e às 18h45, doze viaturas do Corpo de Bombeiros tentavam controlá-las, o que aconteceu pouco mais de uma hora depois. Não há informações de vítimas. Ao todo, 22 equipes e mais de sessenta profissionais trabalharam para conter o fogo. A Defesa Civil também participou da ação.

+ Fique por dentro das notícias da cidade

Ainda não se sabe quantas pessoas ficaram desalojadas.

A área de Paraisópolis é de 1 milhão de metros quadrados, na Subprefeitura do Campo Limpo, Zona Sul. Trata-se da segunda maior favela de São Paulo e a quinta do Brasil. Uma das poucas ruas urbanizadas por ali, a Independência é chamada pelos moradores de Avenida Paulista. 

Fonte: VEJA SÃO PAULO