Criminalidade

Polícia prende suspeito de decapitar três pessoas em Mogi das Cruzes

Os corpos foram encontrados em pontos diferentes da cidade; o homem considerado pela polícia como um serial killer teria confessado ao menos mais um assassinato

Por: VEJA SÃO PAULO - Atualizado em

Polícia - viaturas
A Polícia Militar levou o suspeito para a Delegacia Seccional de Mogi das Cruzes (Foto: Fernando Neves/Futura Press/Folhapress)

Após encontrar três corpos decapitados nesta quarta-feira (3), a Polícia Militar conseguiu prender em Mogi das Cruzes, na Grande São Paulo, o homem que consideram ser um serial killer. As vítimas – um homem e duas mulheres – estavam em pontos diferentes da cidade. Na delegacia, o suspeito teria confessado para a polícia a participação em, pelo menos, mais um assassinato.

O primeiro corpo foi encontrado na Avenida Francisco Rodrigues Filho por volta das 6h. A vítima é um homem que ainda não foi identificado.

Já por volta das 7h, a PM achou o corpo de uma mulher decapitada na Avenida Antônio de Almeida. Testemunhas afirmaram que a vítima corria pela via quando foi atacada por um homem que estava em um carro. Além disso, informaram a placa e o modelo do veículo.

+ Vazamento de gás provoca explosão em casa na Zona Leste

Durante as buscas pelo suspeito, a polícia encontrou o corpo de outra mulher na Avenida Francisco Rodrigues Filho.

O homem foi preso em casa. De acordo com a polícia, ele confessou os crimes, informando ainda que decapitou outra pessoa em Poá, na noite de terça-feira (2). O caso foi registrado na Delegacia Seccional de Mogi das Cruzes.

+ Confira as últimas notíciais

Fonte: VEJA SÃO PAULO