Criminalidade

Homem é baleado na alameda Joaquim Eugênio de Lima

Paulo Silva foi vítima de uma bala perdida em troca de tiros entre polícia e bandido

Por: Redação VEJASÃOPAULO.COM - Atualizado em

Alameda Joaquim Eugênio de Lima
Troca de tiros ocorreu na Alameda Joaquim Eugênio de Lima, a duas quadras da Avenida Paulista, na Bela Vista (Foto: Reprodução)

Na manhã deste sábado (15) uma perseguição policial resultou em troca de tiros e feriu um homem na Alameda Joaquim Eugênio de Lima, a duas quadras da avenida Paulista, na Bela Vista, centro de São Paulo.

Segundo o delegado líder do Garra, Artur Dian, Kleber Andrade Oliveira, 35 anos, foi interceptado na frente da Love Story por volta das 9h30, com comportamento suspeito. Ele entrou num Fox e a polícia passou a segui-lo. Depois que ele negou os primeiros chamados da polícia para encostar o carro, começou a perseguição. Ainda de acordo com o delegado, ele atirou, destruindo o vidro traseiro do seu carro, e no cruzamento das ruas Rui Barbosa e Manuel Dutra bateu. Com ele, foram encontrados um fuzil, uma pistola e granadas. Ele também estava munido com um coldre e colete a prova de balas.

O criminoso já tem outras passagens pela polícia, por porte ilegal de armas, estelionato e roubo. O Fox também era roubado. A ação contou com dez viaturas e cerca de trinta policiais envolvidos. No tiroteio entre o criminoso e a polícia, Gutemberg Silva, 30, e Paulo Silva, 37  (sem parentesco), foram atingidos superficialmente, e passam bem. Não estão hospitalizados. Kleber levou três tiros, passou pelo HC e já está preso no Deic.

Fonte: VEJA SÃO PAULO