Hi Pin Shan

Por:

Confira todos os endereços:

  • Chineses

    Hi Pin Shan - Perdizes

    Rua Padre Chico, 190, Perdizes

    Tel: (11) 3675 2270 ou (11) 3675 1759

    VejaSP
    3 avaliações

    O extenso cardápio divide as receitas de acordo com o ingrediente principal. Da seção de frutos do mar, a lula chega junto de pimentão, cebolinha, salsão, cebola e gengibre (R$ 66,00). Suficiente para dois, vai bem acompanhada de arroz sem tempero (R$ 15,00). Doze opções de sopa podem ser compartilhadas por até quatro pessoas como entrada. De tão picante, o caldo chamado de vinagre e pimenta (R$ 42,00) camufla o sabor dos demais ingredientes da receita: na farta cumbuca de sopa nadam broto de bambu, frango, carne suína, tofu, cogumelo orelha-de-madeira e ovo. Em dias de semana no almoço, serve pratos em porções individuais. As sugestões custam de R$ 28,50 a R$ 53,00, caso do camarão apimentado com arroz e rolinho primavera. Toda última terça e quarta do mês, ambas as unidades permanecem fechadas.  

    Preços checados em 26 de maio de 2016.

    Saiba mais
  • Chineses

    Hi Pin Shan - Vila Olímpia

    Rua Doutor Ivo Define Frasca, 99, Vila Olímpia

    Tel: (11) 3849 1191

    VejaSP
    2 avaliações

    O extenso cardápio divide as receitas de acordo com o ingrediente principal. Da seção de frutos do mar, a lula chega junto de pimentão, cebolinha, salsão, cebola e gengibre (R$ 66,00). Suficiente para dois, vai bem acompanhada de arroz sem tempero (R$ 15,00). Doze opções de sopa podem ser compartilhadas por até quatro pessoas como entrada. De tão picante, o caldo chamado de vinagre e pimenta (R$ 42,00) camufla o sabor dos demais ingredientes da receita: na farta cumbuca de sopa nadam broto de bambu, frango, carne suína, tofu, cogumelo orelha-de-madeira e ovo. Em dias de semana no almoço, serve pratos em porções individuais. As sugestões custam de R$ 28,50 a R$ 53,00, caso do camarão apimentado com arroz e rolinho primavera. Toda última terça e quarta do mês, ambas as unidades permanecem fechadas.  

    Preços checados em 17 de junho de 2015.

    Saiba mais

Fonte: VEJA SÃO PAULO