Meu Estilo

Helena Linhares - Perfil

Por: - Atualizado em

Dia desses, a pedido de uma revista, a papisa fashion Costanza Pascolato enumerou as três mulheres mais bem-vestidas de São Paulo. Entre elas estava Helena Linhares, 32 anos, que surgiu no radar da moda paulistana com a butique

Pelu. Inaugurada em 2003, nos Jardins, a loja vive cheia de gente bacana e chique como a proprietária.

O que achou de ser citada pela Costanza como bem-vestida?

Foi incrível! Nem preciso dizer que a recíproca é totalmente verdadeira, né?

Livro de cabeceira: leio muito. Meus autores preferidos são Noah Gordon, Carlos Drummond de Andrade, Clarice Lispector e Erico Verissimo.

Homem elegante: Carlos Motta (designer).

Mulher elegante: Costanza Pascolato.

Sonho de consumo: um sítio na serra.

Uma bolsa: uma não, várias! Courrèges, Chanel e Accessorize.

Luxo é para todos?

Sim, porque não é algo ligado a bens materiais.

Tem alguma peça de roupa de estimação?

Algumas. Uma jaqueta de veludo vintage Pucci que amo, shorts jeans que estão ficando famosos, de tanto que uso, e uma jaqueta de couro branca da Pelu.

Lugar mais chique de São Paulo: Higienópolis.

 

Não abro mão de... privacidade.

Como define seu estilo?

Livre, gosto de variar bastante.

Você é do tipo que compra muito?

Não, sou bem focada.

Ouro, prata ou diamante?

Ouro e diamante... Prata só em objetos para casa.

Qual foi a sua última compra?

Mais uma bolsa Courrèges, de cor camelo. Igual ao nome do bicho.

Passam longe do seu armário: aquelas botas com plataforma, conhecidas como “pata de elefante”.

Um perfume: lavanda Johnson’s.

Não sai de casa sem... olhar meu look de frente e de costas.

A festa mais luxuosa a que já foi: Casamento de dez dias na Índia. Completamente surreal!

Uma marca registrada: usar uma pulseira em cada braço.

Tem muitos sapatos? Uns trinta pares. Vou renovando sempre,doo muitas roupas.

O último filme que viu no cinema: quase não vou, nem vejo filmes. Dá sono! Prefiro ler.

Fonte: VEJA SÃO PAULO