Roteiro

Hambúrgueres caprichados para todos os gostos

Com queijo brie, cogumelos e até crosta de pimenta, sanduíches ganham versões refinadas e espalham-se pelos cardápios de lanchonetes e restaurantes

Por: Redação VEJA SÃO PAULO - Atualizado em

Applebee's - hambúrguer
Big apple, do Applebee's: dois bifões de 200 gramas, queijo cheddar, quatro fatias de bacon, cebola-roxa, alface, tomate e picles (Foto: Divulgação)

Troque o queijo prato pelo brie; a maionese temperada por mostarda de Dijon; e a salada por cogumelos e... voilà: eis aí um hambúrguer sofisticado. Antes exclusividade das hamburguerias, esses sandubas refinados ganharam destaque em diversos restaurantes bacanas da cidade e chegam a custar mais de R$ 30,00.

Conheça abaixo uma pequena mostra do que há por aí. Para agradar a todos os gostos, mapeamos sanduíches que vão dos vegetarianos àqueles gigaaantes, com direito a cheddar e bacon.   

Mas, se você é daqueles que não resistem ao clássico cheese salada, para devorar com as mãos e se lambuzar sem vergonha de ser feliz, não deixe de conferir a nossa lista com os melhores hambúrgueres tradicionais da cidade, clicando aqui.

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

COGUMELOS

Butcher's Market: fartamente recheado de cogumelos paris frescos e chapeados, o lanche apelidado de mushroom (R$ 27,00) é montado em pão de hambúrguer torradinho na manteiga e acompanhado de salada.

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

QUEIJOS GOURMETS

AK Vila: em um salão escurinho, na Vila Madalena, a chef Andrea Kaufmann propõe receitas de múltiplas fronteiras que despertam o paladar. Se optar por um sanduíche, o ak burger (R$ 37,00) é enriquecido por queijo brie, pastrami, mix de cogumelos e cebola grelhados.

Lanchonete da Cidade: seus lanches podem ser chamados de gourmet-retrô. Isso porque levam ingredientes de primeira, mas são montados na maneira tradicional, para comer com as mãos.  O hambúrguer apelidado de bombom black ao ponto combina 220 gramas de carnes nobres extraídas de animais das raças hereford, red angus e aberdeen angus mais queijo (R$ 32,00).

Meats: vencedora na categoria hambúrguer gourmet do "Comer & Beber" 2013, a lanchonete comandada pelo chapeiro Paulo Yoller faz uma versão de hambúrguer coberto de catupiry, coentro picado, mandioquinha  palha e pancetta , um toucinho italiano curado, não defumado como o bacon (R$ 28,00).

St. Louis: são diversas as opões com toques sofisticados. O sanduba apelidado de blue compõem-se de hambúrguer de 160 gramas sobre folhas de rúcula mais queijo gorgonzola e chutney de cebola (R$ 27,50).

Hamburgueria Nacional - hambúrguer com pimenta
Bifão de 200 gramas, da Hamburgueria Nacional: em crosta de pimenta-do-reino preta (Foto: Edson Kumasaka)

“AU POIVRE”

Hamburgueria Nacional: figura entre os endereços indiscutivelmente gourmets da categoria. As criações do chef Jun Sakamoto são feitas para comer de garfo e faca e valem por uma refeição caprichada. Assados na salamandra, os hambúrgueres ficam suculentos. O bifão de 200 gramas em crosta de pimenta-do-reino preta sai por R$ 27,50 no pão e R$ 41,00 no prato.

Ritz: apesar de ser classificado como um restaurante, prepara sete ótimos hambúrgueres. A carne com pimenta-do-reino no pão com gergelim (R$ 29,20 com um acompanhamento ou R$ 37,00, com dois) pode ser acompanhada de fritas, onion rings, salada e até bolinhos de arroz.

St. Louis: aqui, o hambúrguer de 220 gramas em crosta de pimenta-do-reino é enriquecido por queijo gruyère, cebola grelhada, pepino em conserva, maionese à base de mostarda de Dijon e mel e batata palha (R$ 30,50).

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

APETITE GIGANTE

Applebee’s: o cardápio lista gigantescos hambúrgueres. O chamado big apple (R$ 40,90) leva dois bifões de 200 gramas, queijo cheddar, quatro fatias de bacon, cebola-roxa, alface, tomate e picles. Menor, porém ainda intimidante, o cowboy (R$ 37,50) tem “apenas” um hambúrguer mais cheddar, cebola empanada crocante, molho barbecue e bacon. Todos acompanham fritas.

Dizzy: as melhores pedidas nesta lanchonete quarentona da Zona Norte são os sanduíches clássicos e um tanto grandalhões. Desafie o apetite com o gigante dizzy “um pouco de tudo” (R$ 27,50), composto de tomate, alface, presunto, queijo prato, ovo, bacon, maionese e — ufa! — vinagrete.

Well’s: se optar por um sanduíche, é melhor estar com bastante fome. Pedidas como o big well’s (R$ 31,90), que leva um bifão de 320 gramas coberto por queijo cheddar mais quatro fatias de bacon, salada, cebola e maionese, são a regra do cardápio. Outro gigante, o triple Burger (R$ 29,90) equilibra três hambúrgueres de 100 gramas cada um. Haja apetite! 

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

VEGGIE

Hamburgueria 162: nos dois endereços, na Consolação e em Moema, serve hambúrgueres que fogem do trivial sem atingir preços exorbitantes. A colorida opção vegetariana reúne pão de beterraba, hambúrguer artesanal de abóbora, coalhada seca temperada, legumes grelhados, disco crocante de parmesão e salada (R$ 23,50).

PJ Clarke’s: por ser filial de uma rede americana, pode ser difícil imaginar que haja uma receita de sanduíche sem carne ou bacon. O V.G (R$ 39,00), entretanto, é feito com hambúrguer de lentilhas com legumes, queijo emmental e rúcula no pão preto.

Ramona: oferece um cheeseburger de primeira. Uma alternativa vegetariana é hambúrguer feito a partir de três cogumelos no pão de batata (R$ 39,00).

Fonte: VEJA SÃO PAULO