Administração

Haddad veta lei contra bailes funk

Em justificativa, prefeito diz que já existem normas para regulamentar esse tipo de atividade

Por: Redação VEJASAOPAULO.COM - Atualizado em

O prefeito Fernando Haddad vetou nesta quarta-feira (8) o projeto de lei que previa acabar com bailes funk na capital. De autoria dos vereadores Conte Lopes e Coronel Camilo, da chamada "bancada da bala", a proposta previa a proibição do uso de vias públicas, praças, parques e jardins para realização de eventos musicais não autorizados.

+ O que você acha do site da Vejinha? Responda aqui

Em sua justificativa, o prefeito argumentou que já existem leis que regulamentam e fiscalizam este tipo de atividade, como a que exige autorização para eventos na rua e a recém promulgada norma que multa carros de som sem licença. Ainda de acordo com Haddad, caso fosse sancionada, a lei proposta pelos vereadores impossibilitaria diversos eventos já tradicionais na cidade como a Virada Cultural, a Virada na Paulista e o carnaval de rua, uma vez que ela proibia qualquer apresentação musical em via pública depois das 22 horas.

O prefeito aproveitou ainda para fazer uma defesa do estilo musical. "O funk é uma expressão legítima da cultura urbana jovem, não se conformando com o interesse público, à toda evidência, sua proibição de maneira indiscriminada nos logradouros públicos e espaços abertos."

Fonte: VEJA SÃO PAULO