Restaurantes

Gusto 24h fica aberto quatro vezes por semana sem intervalo

De culinária italiana, a casa prepara boas massas e sobremesas no Itaim Bibi

Por: Arnaldo Lorençato - Atualizado em

Gusto 24h
Trio de nhoques: batata, mandioquinha e abóbora por R$ 32,00 (Foto: Mario Rodrigues)

Coisa rara na cidade, o Gusto 24h permanece de portas abertas sem interrupções de quarta a sábado. Trata-se de um restaurante de alma boêmia em um dos pedaços mais agitados do Itaim.

Projeto do empresário Miguel Reis, do extinto Chakras, o endereço de culinária italiana está sob o comando do chef português Gonçalo Costa. A dica certeira extraída das duas visitas realizadas é esquecer carnes e pescados para se concentrar no que vale a pena: as massas e as sobremesas. 

Gusto 24h
Salão expandido: além da área interna, há mesas na calçada (Foto: Mario Rodrigues)

Na forma de uma degustação, o trio de nhoque (R$ 32,00) aparece nas versões de batata e manjericão ao molho de tomate e mussarela de búfala, de mandioquinha aos quatro queijos e de abóbora ao creme de queijo gouda e brócolis. Se decidir pedir como prato individual, eles custam, respectivamente, R$ 25,00, R$ 28,00 e R$ 26,00.

Também cai bem a lasanha à bolonhesa (R$ 33,00), feita como manda a receita original — só ragu de carne e molho bechamel. Embora tenha um toque desnecessário de creme de leite, o tonarelli cacio e pepe (R$ 28,00), semelhante ao espaguete no molho de queijo pecorino e pimenta, é saboroso.

Gusto 24h
Panacota na calda de frutas vermelhas com sorbet: R$ 18,00 (Foto: Mario Rodrigues)

O capítulo de doces traz ótimas opções do confeiteiro Jeferson Costa. Exemplos: panacota na calda de frutas vermelhas (R$ 18,00) e pudim de leite (R$ 10,00). Embora gentil, o serviço é confuso e merece atenção. 

COMIDA ✪✪✪ | AMBIENTE ✪✪✪ | SERVIÇO ✪✪

+ Acesse o cardápio completo do Gusto 24h

Fonte: VEJA SÃO PAULO