Arte

Gustavo Rosa ganha instituto três anos após sua morte

Comandado pelo irmão do artista, a instituição propõe a conservação da obra e ações educativas

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

gustavo rosa
Instituto Gustavo Rosa será ingurado na próxima terça (28) (Foto: Divulgação)

O artista paulistano Gustavo Rosa, falecido em 2013, ganhou um instituto dedicado ao seu trabalho, na última terça (28). Com uma produção de pinturas em tela aclamada por celebridades e censurada pela crítica, Rosa criou cerca de 5 000 obras que tinham como marca a caricatura de personalidades e uma estética colorida e figurativa.

gustavo rosa2
Pinturas figurativas e coloridas são marca do artista (Foto: Divulgação)

Localizado na Rua Veneza, no Jardim Paulista, o instituto é sediado na casa que funcionou como ateliê do artista, morto aos 66 anos. Dirigido pelo seu irmão caçula, Roberto Rosa, a organização nasce com o intuito de promover ações educativas com crianças, disponibilização da obra para o público e conservação da produção de Rosa. Nos últimos três anos, Roberto vem conduzindo um projeto de mapeamento, identificação e catalogação da obra do irmão mais velho, que resultará num Catálogo Raisonné.

gustavo rosa3
Comandado pelo irmão caçula, Roberto Rosa, instituto será sediado no mesmo local do ateliê do artista (Foto: Divulgação)

+ Veja quais são as melhores mostras em cartaz na cidade

A inauguração do instituto é celebrada com a mostra Reencontros, que apresenta cerca de 100 obras da coleção. O espaço, que também comercializa produtos como pôsteres e reproduções de suas pinturas, estará aberto ao público de segunda a sexta, das 8h às 18h.

Fonte: VEJA SÃO PAULO