Passeios

Lugares para fazer piquenique e o que levar

Aproveite os dias de sol para organizar uma refeição fora de casa. Confira receitas de pratos, dicas de nutricionista e endereços de parques

Por: Anna Carolina Oliveira, Bruna Ribeiro e Sophia Braun - Atualizado em

Piquenique
Piquenique: o que levar na cesta e onde estender a toalha (Foto: ThinkStock)

Os piqueniques ao ar livre estão na moda entre os paulistanos, que estão ocupando parques e praças da cidade por diferentes motivos. O encontro pode ser apenas para bater papo com os amigos ou se transformar numa festinha. No nosso inverno, esse programa é ainda mais prazeroso porque os dias são ensolarados e há poucas chances de chover. 

+ Santos: um guia para curtir a maior cidade do litoral paulista

Vários parques da cidade reservam áreas especiais para o lanchinho na toalha xadrez, como é o caso do Villa-Lobos. Lá, o usuário encontra 75 quiosques para apoiar a sua cesta de vime e ainda um espaço verde para quem prefere o estilo tradicional sentado no gramado.

Horto Florestal ganha novas quadras, academia ao ar livre, teatro e ciclovia

Como não há refrigeração, recomenda-se um cuidado especial com os alimentos. "O mais importante é saber o que não levar. Maionese, molhos e cream cheese estão fora de questão, porque estragam facilmente", explica Sônia Trecco, nutricionista do Hospital das Clínicas de São Paulo. A especialista também alerta quanto à conservação dos pratos, lembrando que eles devem ser consumidos imediatamente ou, no caso de quem os levar em bolsas térmicas, em até três horas.

Leite, iogurte, queijo, peito de peru e outros frios só devem fazer parte da refeição se forem transportados nos tais recipientes térmicos. "Uma dica é usar aquelas bolsas de gel que você encontra na farmácia. Basta colocá-la no freezer e esperar congelar. Depois, coloque dentro da sacola térmica para conservar bem o conteúdo", aconselha a nutricionista. Os queijos industrializados embalados individualmente podem ser levados nas cestas de vime, assim como pães, salgados assados e bolos estilo da vovó (sem cobertura ou recheio).

Quem gosta de frutas, pode incluir as delícias no cardápio do passeio. Sônia Trecco pede atenção apenas para um detalhe: "não é bom levá-las picadas, porque os pedaços escurecem. Coloque-as lavadas na cesta e deixe para cortar na hora".

Veja abaixo receitas e endereços de parques para o piquenique perfeito:

Fonte: VEJA SÃO PAULO