O que toca no meu iPod

Gui Boratto: confira as dicas de música do DJ

Expert em tecno de pitadas minimalistas, paulistano faz som inspirado no rock

Por: Redação VEJA SÃO PAULO - Atualizado em

Gui Boratto - 2192a
Gui Boratto: um dos DJs e produtores brasileiros mais comentados do momento (Foto: Divulgação)

Paulistano nascido na Mooca — seu sotaque é carregadíssimo —, Gui Boratto tem 36 anos e é um dos DJs e produtores brasileiros mais comentados do momento. Sempre citado em revistas e sites especializados, trabalhou como arquiteto, estudou piano, guitarra e, desde 2005, cria as próprias faixas. Expert em tecno de pitadas minimalistas, Boratto faz um som inspirado por seu gênero favorito, o rock. Mas o moço também curte bossa nova, tango, bolero... “Algumas das minhas músicas podem ser ouvidas de manhã, por exemplo, porque não têm aquela aura noturna”, diz. Com levadas melodiosas, ele conquistou o público, sobretudo o feminino. “Em média, 70% das pessoas que vão me ver discotecar são mulheres.”

 

O QUE TOCA NO MEU iPOD

"The Day I Tried to Live" - Soundgarden

"The Esel (Dave Aju Remix)" - Ian Simmonds

"Eve by Night" - Patrick Chardronnet

"Adiós Nonino" - Astor Piazzolla

"Loss for Words" - Solvent

"The Killing Moon" - Echo & The Bunnymen

"Hurtlocker" - Jin Choi

"Sweetest Perfection" - Depeche Mode

"23:59" - Hobo

"Save a Prayer" - Duran Duran

Fonte: VEJA SÃO PAULO