Manifestações

Grupo interdita a Marginal Tietê em protesto

Pista ficou fechada por quase duas horas. Trânsito está acima da média em toda a cidade

Por: Redação VEJA SÃO PAULO - Atualizado em

Manifestação Zona Norte
Manifestantes na Zona Norte fechar a Marginal Tietê e entram em confronto com a Polícia Militar (Foto: Reprodução TV Globo)

Cerca de 100 pessoas fecharam a Marginal Tietê por volta das 15h30 desta sexta-feira (01). Segundo a Polícia Militar, os manifestantes moram em um terreno embaixo da Ponte Orestes Quércia, mais conhecida como Estaiadinha, na Zona Norte, e protestaram contra a reintegração de posse da área.

+ Ato contra aumento do IPTU vai até casa do prefeito

A polícia informou que o grupo jogou pneus com fogo e interditou todas as pistas sentido Interlagos. A Tropa de Choque e a Força Tática foram enviadas ao local e tentam controlar as pessoas com bombas de gás lacrimogêneo.

Segundo a prefeitura, o terreno foi invadido em junho e desde então a administração tem negociado com moradores opções para a desocupação. Cerca de 450 famílias foram cadastradas pela Secretaria de Habitação para programas habitacionais.

Às 17h30, apenas a pista local da Marginal Tietê continuava interditada. De acordo com a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), a cidade registrava 162 quilômetros de lentidão, número acima da média para o dia e horário. Somente a Marginal tinha 12 quilômetros de trânsito.

 

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO