Transporte

Funcionários do Metrô e CPTM ameaçam entrar em greve na próxima quarta

Trabalhadores decidiram em assembleia cruzar os braços na próxima semana; sindicalistas realizam novas reuniões antes da paralisação

Por: Veja São Paulo

Metroviários
Metroviários realizaram assembleia na sede do sindicato na noite desta quarta (20) (Foto: Marlene Bergamo/Folhapress)

Em assembleia realizada nesta noite, funcionários do Metrô e da CPTM decidiram entrar em greve a partir da 0h da próxima quarta (27). Entretanto, os trabalhadores realizam na próxima terça (26) novas reuniões para definir os parâmetros da paralisação e avaliar possíveis propostas patronais.

+ Motoristas de ônibus aceitam proposta e descartam greve

Entre as reivindicações, os metroviários exigem reajuste salarial de 9,49% acima da inflação, além de reposição de 8,24%. Segundo o sindicato, a proposta do Metrô é de 7,24%. A categoria pede ainda que os 38 funcionários demitidos na paralisação do ano passado sejam readmitidos.

+ Acompanhe as últimas notícias da cidade

Já os ferroviários reivindicam reajuste de 7,89% além de 10% de aumento real. A CPTM fez uma oferta de 6,65%. Os trabalhadores exigem ainda o pagamento de 5 000 reais de programa de participação de resultados (PPR), aumento do vale-alimentação de 247 reais para 400 reais e auxílio materno-infantil de 500 reais.

Fonte: VEJA SÃO PAULO