Cidade

Grafite em Congonhas é pichado e transforma Ronaldo em black bloc

Imagens feitas no painel retratam os heróis das cinco Copas vencidas pela seleção; artista promete refazer o trabalho

Por: Marcus Oliveira

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Os motoristas que passarem pela Avenida Bandeirantes terão que ver as imagens dos craques responsáveis pelos títulos da seleção brasileira na Copa, todos mascarados. O muro localizado do lado de fora do Aeroporto de Congonhas que recebeu uma série de grafites com imagens de jogadores como Pelé, Garrincha, Rivelino, Cafu e Ronaldo, em homenagem as conquistas do Mundial, foi pichado e máscaras que lembram os black blocs foram pintadas no rosto dos atletas.

+ Saiba bons lugares para ver os jogos da Copa

+ Dicas de programas para fazer com amigos turistas

As imagens de Ronaldo e Dunga receberam pinturas de faixas de cor preta, simulando uma espécie de bandana no rosto. Outras figuras de ídolos como Bellini, Rivellino, Garrincha e Cafú foram pintadas com outras cores, também simulando máscaras e borrões.

Muro Congonhas Pichados
Imagem do jogador Ronaldo é pichada em muro de Congonhas (Foto: Marcus Oliveira)

A assessoria do Aeroporto disse que já entrou em contato com o artista plástico Paulo Consentino, responsável pela obra, e ele afirmou que irá refazer os grafites. As restaurações devem começar na próxima semana, porém não devem ser concluídas antes do ínicio da Copa, devido a complexidade do trabalho. O valor do prejuízo não foi informado.

O projeto começou a ser realizado em fevereiro. Cerca de quinze jovens ajudaram no trabalho. No Mural das Copas, como é chamado, o autor replica imagens dos cinco títulos vencidos pela seleção brasileira, com desenhos de atletas como  Dunga, Ronaldo e . No total, são 23 ídolos retratados no muro. Além da parede externa do aeroporto, Consentino também foi responsável por uma pintura no saguão de Congonhas.

Fonte: VEJA SÃO PAULO